Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Esophageal pythiosis in an ostrich (Struthio camelus) / Ptiose Esofágica em avestrus (Struthio camelus)

Souto, E. P. F; Pessoa, C. R. M; Pessoa, A. F. A; Trost, M. E; Kommers, G. D; Correa, F. R; Dantas, A. F. M.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 71(3): 1081-1084, May-June 2019. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-25558

Resumo

Uma avestruz-do-pescoço-vermelho, com dois anos de idade, apresentava um nódulo no terço médio do esôfago e foi submetida a procedimento cirúrgico. Histologicamente, observou-se uma área focalmente extensa de necrose estendendo-se da túnica mucosa à muscular, e, em algumas secções, à túnica adventícia. Circundando a área de necrose, observou-se uma reação inflamatória composta principalmente por granulócitos e macrófagos, associada à fibroplasia e neovascularização. Em meio às áreas de necrose e inflamação, verificavam-se numerosas imagens negativas de hifas em seções longitudinais e transversais, melhor apreciadas pela coloração de metenamina nitrato de prata de Grocott. O diagnóstico definitivo de infecção por Pythium insidiosum foi confirmado por imuno-histoquímica. A avestruz recebia água para consumo de um lago localizado em uma área de pastagem, no qual alguns cavalos haviam desenvolvido pitiose cutânea anteriormente.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1