Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Megabacteriose em calopsita (Nymphicus hollandicus) / Megabacteriosis in cockatiel (Nymphicus hollandicus)

Almeida, Aline de Oliveira; Medeiros, Karinne Barros Ribeiro; Ranielle, Julifrance; Maciel, Nascimento; Leal, Emanuelle Silveira; Pinheiro, Estéfanni de Castro.
Ci. Anim.; 29(2,supl.2): 5-8, 2019.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25618

Resumo

A megabacteriose é uma afecção causada pelo fungo Macrorhabdus ornithogaster, esse agente é encontrado no tecido gástrico de aves e, é responsável por causar a doença caracterizada por vômitos, diarreia e perda de peso progressiva. Este trabalho aborda um relato clínico sobre a megabacteriose em calopsita (Nymphicus hollandicus), macho, com 1 ano de idade, pesando 50 gramas. O animal deu entrada na Clínica Ecológica com sinais de fraqueza, letargia, emagrecimento, mucosas hipocoradas, diarreia e sementes não digeridas nas fezes. Por meio da anamnese, sinais clínicos e exame direto das fezes, chegou-se ao diagnóstico da megabacteriose. Para o tratamento foi prescrito medicação antifúngica, suplementação nutricional e formulação fitoterápica imunoestimulante. Após 15 dias de tratamento, houve melhora considerável do quadro geral do animal e foi repetido o exame de pesquisa de megabactéria nas fezes, que deu resultado negativo, evidenciando a eficiência do tratamento instituído.(AU)
Megabacteriosis is a disease caused by the fungus Macrorhabdus ornithogaster, this agent is found in the gastric tissue of birds and is responsible for causing the disease characterized by vomiting, diarrhea and progressive weight loss. This paper addresses a clinical report on megabacteriosis in cockatiel (Nymphicus hollandicus), male, 1 year old, weighing 50 grams. The animal entered the Ecological Clinic with signs of weakness, lethargy, weight loss, hypocortical mucosa, diarrhea and undigested seeds in the faeces. Through the anamnesis, clinical signs and direct examination of the feces, the diagnosis of megabacteriosis was reached. For the treatment was prescribed antifungal medication, nutritional supplementation and immunostimulating herbal formulation. After 15 days of treatment, there was a considerable improvement of the general picture of the animal and the test of megabacteria in the feces was repeated, which proved negative, evidencing the efficiency of the treatment instituted. (AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1