Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Salinity and freshwater discharge determine rotifer distribution at the Mossoró River Estuary (Semiarid Region of Brazil) / Salinidade e descarga de água doce determinam a distribuição de rotíferos no estuário do Rio Mossoró (região semiárida do Brasil)

Medeiros, A. M. A; Barbosa, J. E. L; Medeiros, P. R; Rocha, R. M; Silva, L. F.
Braz. J. Biol.; 70(3): 551-557, Aug. 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2572

Resumo

The present study aimed at evaluating differences in rotifer distribution in three estuarine zones in an inverse estuary located in the Semiarid Region of Brazil. Zones were chosen based on their proximity to the ocean and river border as a means of reflecting a horizontal salinity gradient. High freshwater discharge during the rainy season was the major determinant of rotifer composition. On the other hand, due to higher salinity values during the dry season, very low values of species richness and abundance were observed in all zones. Therefore, the study highlights the constraints of salinity and the positive influence of seasonality and river proximity on rotifer species in a semiarid estuarine environment.(AU)
O presente estudo objetivou avaliar diferenças na distribuição de rotíferos em três zonas estuarinas em um estuário inverso localizado na região semiárida do Brasil. As zonas foram escolhidas com base em suas proximidades com o oceano e a margem do rio de forma a representar um gradiente de salinidade horizontal. A forte entrada de água doce durante o período chuvoso foi o maior determinante da composição de rotíferos. Do outro lado, devido aos maiores valores de salinidade durante o período seco, valores muito baixos de riqueza de espécies e abundância foram observados em todas as zonas. Dessa forma, o estudo demonstra as restrições da salinidade e a influência positiva da sazonalidade e da proximidade com o rio sobre as espécies de rotíferos em um ambiente estuarino do semiárido.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1