Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Principais alterações no eletrocardiograma em cães / Main changes in electrocardiogram in dogs

Macêdo, Hermógenes Josniel Rocha; Silva, Jessica Mara da Costa; Mendes, Iara Linhares; Lopes, Raphael Vieira; Vasconcelos, Ana Lourdes Camurça Fernandes; Almeida, Anderson Pinto.
Ci. Anim.; 29(3): 38-49, 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-25877

Resumo

O eletrocardiograma (ECG) é considerado o método de auxílio ao diagnóstico das afecções cardíacas mais utilizado na medicina veterinária, sendo dinâmico e não-invasivo de avaliação do coração. São avaliadas as ondas elétricas através das características de duração, amplitude e deflexão que podem variar de acordo com a espécie, porte, sexo, idade e raça do animal. O conhecimento da prevalência das afecções cardíacas em cães é de fundamental importância para o clínico de pequenos animais, pois auxilia na formulação de diagnósticos diferenciais e no estabelecimento de um plano terapêutico adequado. Assim, o objetivo deste trabalho é apresentar a frequência das principais alterações no eletrocardiograma de cães atendidos pelo serviço de eletrocardiografia do Hospital Veterinário ETAVE de Fortaleza, Ceará. A amostra foi composta por 518 cães, destes, 216 machos e 352 fêmeas, atendidos no Hospital Veterinário ETAVE de Fortaleza - CE, no período de setembro de 2016 a setembro de 2018. Os animais foram selecionados a partir da indicação clínica, exame pré-anestésico e pré-cirúrgico, sendo submetidos a avaliação física e clínica. Com isso, conclui-se que as alterações mais frequentemente encontradas foram, complexo QRS de baixa amplitude, bloqueio atrioventricular de 1º grau e taquicardia supraventricular prematura, presentes em pelo menos dois dos grupos de alterações estudados. O ECG é um importante recurso diagnóstico que pode ajudar tanto na detecção quanto no controle das afecções cardíacas, que se não controladas e tratadas podem levar o animal à morte. (AU)
The electrocardiogram (ECG) is considered the most widely used method of diagnosis of cardiac diseases in veterinary medicine, being a dynamic and non-invasive evaluation of the heart. The electric waves are evaluated through the characteristics of duration, amplitude and deflection that can vary according to the species, size, sex, age and race of the animal. The knowledge of the prevalence of cardiac affections in dogs is of fundamental importance for the clinician of small animals, as it assists in the formulation of differential diagnoses and in the establishment of an adequate therapeutic plan. Thus, the objective of this study is to present the frequency of the main alterations in the electrocardiogram in dogs attended by the electrocardiography service of the ETAVE Veterinary Hospital of Fortaleza, Ceará. The sample consisted of 518 dogs, of these 216 males and 352 females, attended at the Veterinary Hospital - ETAVE of Fortaleza - CE, from September 2016 to September 2018. The animals were selected from the clinical indication, anesthetic and pre-surgical, being submitted to physical and clinical avaliation. Thus, we conclude that the changes most frequently found were low-amplitude QRS complex, first-degree atrioventricular block, and premature supraventricular tachycardia, present in at least two of the groups of alterations studied. The ECG is an important diagnostic feature that can help both detect and control cardiac conditions, which, if uncontrolled and treated, can lead to death. (AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1