Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Flukicide efficacy against Fasciola hepatica of Triclabendazole and Nitroxynil in cattle of the central valley of Chile / Avaliação da eficácia de triclabendazol e nitroxinil para o tratamento da infeção por Fasciola hepatica em bovinos do Vale Central do Chile

Romero, Javiera; Villaguala, Carmen; Quiroz, Fernando; Landaeta-Aqueveque, Carlos; Alfaro, Guillermo; Pérez, Rubén.
R. bras. Parasitol. Vet.; 28(1): 164-167, jan.-mar. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26188

Resumo

On a farm with permanent history of fasciolasis a study was performed aimed to know the efficacy of triclabendazole (TCBZ) and then to contrast with that of nitroxynil. Thirty-nine cattle naturally infected with Fasciola hepatica were randomly allocated into 4 experimental groups: Group 1 (control) was left untreated. Group 2 was treated with of 12 mg/kg body weight (bw) of TCBZ by oral route. Group 3 treated with 24 mg/kg bw TCBZ orally. Group 4 was treated with 10 mg/kg bw of nitroxynil subcutaneously. The anthelmintic efficacy was calculated as the percentage of reduction in faecal egg count (FEC) at 14 and 28 d post-treatment. Results indicated that there were no significant differences in the percentage of FEC reduction between control group and the groups treated with 12 or 24 mg/kg of TCBZ. On the contrary, the treatment with nitroxinyl significantly reduced the FEC and decreased the percentage of positive animals. In conclusion, Fasciola hepatica is reported for first time as resistant to TCBZ in Chile, which highlights the need of rotating drugs and assessing the efficacy of the administered drug in order to avoid the selection of resistant worms.(AU)
Em uma fazenda com histórico de fasciolose permanente, foi realizado um estudo com o objetivo de conhecer a eficácia do triclabendazol (TCBZ) e depois contrastar com o do nitroxinil. Trinta e nove bovinos naturalmente infectados com Fasciola hepatica foram distribuídos aleatoriamente em 4 grupos experimentais: Grupo 1 (controle), sem tratamento. O grupo 2 foi tratado com 12 mg/kg de peso vivo (PV) do TCBZ por via oral (VO). Grupo 3 tratado com 24 mg/kg de PV TCBZ por VO. O grupo 4 foi tratado com 10 mg /kg de PV Nitroxinil via subcutânea. A eficácia anti-helmíntica foi calculada comparando a percentagem de redução na contagem de ovos fecais (FEC) 14 e 28 dias pós tratamento. Não houve diferença significativa na porcentagem de redução FEC entre o grupo controle e os grupos tratados com 12 ou 24 mg/kg de TCBZ. Entretanto, o tratamento com nitroxinil reduziu significativamente o FEC e diminuiu a porcentagem de animais positivos. Em conclusão, a Fasciola hepatica é relatada pela primeira vez como resistente ao TCBZ no Chile, o que destaca a necessidade de realizar uma rotação em relação aos medicamentos anti-helmínticos e avaliar a eficácia do mesmo, a fim de evitar a seleção de vermes resistentes.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1