Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Methodologies for evaluation of ingestive behavior of heifers supplemented in grazing / Metodologias para avaliação do comportamento ingestivo de novilhas suplementadas a pasto

Santana Junior, Hermógenes Almeida de; Silva, Robério Rodrigues; Carvalho, Gleidson Giordano Pinto; Silva, Fabiano Ferreira; Costa, Patrícia Barcelos; Mendes, Fabricio Bacelar Lima; Pinheiro, Alyson Andrade; Santana, Elizangela Oliveira Cardoso; Abreu Filho, George; Trindade Júnior, Geraldo.
Semina Ci. agr.; 35(3): 1475-1486, May.-June.2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26335

Resumo

The study was conducted to compare different methodologies for evaluation of ingestive behavior of heifers supplemented in grazing. The experiment was conducted at Princesa do Mateiro farm, Ribeirao do Largo, Bahia. Were used 30 heifers with blood level 5/8 Guzera milk lineage and 3/8 Holstein, with an average of 18 months of age and body weight of 187 ± 13.1 kg. The treatments were: Duration of avaliation (24, 12 and eight hours) of observation intervals (10, 20 and 30 minutes); repetitions for observation (three, two and one) shifts of observation (two and one). The behavior evaluation was performed on day 25th, 26th, 27th and 28th of each period, then a total of four ratings. The percentage of grazing activity on the duration of 8h and 12h evaluation differed from the standard evaluation period of 24 hours (P 0.05). The duration of evaluation tests (8h and 12h) showed differences in duration of 24 hours to evaluate the percentages of rumination (P 0.05). As for the percentage of other activities, no difference was observed between duration evaluation and standard tests (P>0.05). For grazing time, rumination, feeding at the trough, other activities, total feeding and total chewing have not been verified statistical differences between the ranges of observations 20 and 30 minutes compared with 10 minutes (P 0.05). The duration of evaluation of 24 hours is recommend for evaluation of ingestive behaviorin terms of nutritional and metabolic parameters, as other promote distortion of the data as a function ofthe intensity of activities throughout the day.(AU)
O estudo foi realizado com o objetivo de comparar diferentes metodologias para avaliação do comportamento ingestivo de novilhas suplementadas a pasto. O experimento foi conduzido na fazenda Princesa do Mateiro, município de Ribeirão do Largo, Bahia. Foram utilizadas 30 novilhas com grau de sangue 5/8 Guzerá linhagem leiteira e 3/8 Holandesa, com média de 18 meses de idade e peso corporal médio de 187 ± 13,1 kg. Os tratamentos foram: Duração de avaliação (24, 12 e oito horas); Intervalos de observação (10, 20 e 30 minutos); Repetições por observação (três, duas e uma); Turnos de observação (dois e um). A avaliação do comportamento foi realizada no 25º, 26º, 27º e 28º dia de cada período, totalizando então quatro avaliações. Os percentuais da atividade de pastejo da duração de avaliação 8h e 12h diferiram da duração de avaliação padrão de 24h (P 0,05). A duração de avaliação em testes (8h e 12h) apresentou diferenças da duração de avaliação de 24 horas para os percentuais de ruminação (P 0,05). Já para os percentuais de outras atividades, não foi verificado diferenças entre a duração de avaliação em testes e a padrão (P>0,05). Para o tempo de pastejo, ruminação, alimentação no cocho, outras atividades, alimentação total e mastigação total não foram verificados diferenças estatísticas entre os intervalos de observações 20 e 30 minutos quando comparados com o de 10 minutos (P>0,05).A duração de avaliação de 24 horas é a recomendada para avaliação do comportamento ingestivo emtermos de parâmetros nutricionais e metabólicos, pois as demais promovem distorção dos dados emfunção da variação da intensidade das atividades ao longo do dia.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1