Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Millet as a replacement for corn in feedlot steers diets / Milheto em substituição ao milho na dieta de novilhos confinados

Silva, Alexey Heronville Gonçalves da; Restle, João; Missio, Regis Luis; Bilego, Ubirajara Oliveira; Fernandes, Juliano José de Resende; Rezende, Pedro Leonardo de Paula; Silva, Rodrigo Medeiros da; Pereira, Marcela Luzia Rodrigues; Lino, Fabíola Alves.
Semina Ci. agr.; 35(4): 2077-2094, July.-Aug.2014. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-26513

Resumo

This study aimed to assess the bioeconomic performance of feedlot steers fed diets with high concentrate (80%) containing different levels of grounded grain of millet as a replacement for grounded corn grain. We used 89 European-zebu crossbred bulls, with initial average weight of 317.8±15.1kg and average initial age of two years, randomly assigned to diets with different levels of substitution of corn by millet (0, 33, 66 and 100%).The animals were allocated in 16 collective pens. The experimental design was a completely randomized design with four treatments and four replicates (pens). The nutrient intake, except neutral detergent fiber and non-fiber carbohydrates, did not differ between the diets tested (P>0.05). The average daily weight gain, body weight and final body codition score were not affected (P>0.05) by increasing the level of millet in the diet. The feed conversion increased 0.0048 kg of dry matter/kg of weight gain for each percentage point of millet in the diet. The total cost decreased linearly (P 0.05) with increasing the level of millet in the diet, reflecting the linear reduction in feed cost. As a result, the profit of finishing feedlot steers increased R$ 0.675 for each percentage point of millet in replacing corn. The millet can replace corn in diets with high concentrate for feedlot cattle, enabling reduction of production cost and increasing profits.(AU)
Objetivou-se avaliar o desempenho bioeconômico de novilhos alimentados em confinamento com dietas com elevada proporção de concentrado (80%) contendo diferentes níveis de grão de milheto moído em substituição ao grão de milho moído. Foram utilizados 89 novilhos não castrados, mestiços europeu-zebu, com peso médio inicial de 317,8±15,1kg e idade média inicial de dois anos, distribuídos aleatoriamente em dietas com diferentes níveis de substituição do milho pelo milheto (0, 33, 66 e 100%). Os animais foram alojados em 16 baias coletivas. O delineamento experimental foi o inteiramente casualisado, com quatro tratamentos e quatro repetições (baias). O consumo de nutrientes, exceto fibra em detergente neutro e carboidratos não fibrosos, não diferiu (P>0,05) entre as dietas testadas. O ganho de peso médio diário, o peso corporal e o escore corporal final não foram alterados (P>0,05) pelo aumento do nível do milheto na dieta. A conversão alimentar aumentou em 0,0048 Kg de matéria seca/ Kg de ganho de peso para cada ponto percentual a mais de milheto na dieta. O custo total diminuiu linearmente (P 0,05) com o aumento do nível de milheto na deita, reflexo da redução linear do custo com alimentação. Em função disso, o lucro da terminação de novilhos em confinamento aumentou R$ 0,675 a cada ponto percentual a mais de milheto em substituição ao milho da dieta. O milheto pode substituir totalmente o milho em dietas com elevada proporção de concentrado para bovinos confinados, possibilitando redução do custo de produção e aumento do lucro.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1