Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Hemodynamic variables in piglets anesthetized with isoflurane or propofol, kept under spontaneous ventilation and FIO2 of 0. 5 / Variáveis hemodinâmicas em suínos anestesiados com isoflurano ou propofol, mantidos sob ventilação espontânea e FIO2 de 0,5

Ido, C. K; Silva, P. E. S; Silva, H. R. A; Biteli, E. G. F; Carneiro, R. L; Lopes, P. C. F; Gering, A. P; Nunes, N.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(6): 1846-1852, Nov.-Dec. 2019. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26568

Resumo

This study aimed to evaluate comparatively the effects of propofol or isoflurane on hemodynamic variables in piglets that received inspired oxygen fraction (FIO2) of 0.5 under spontaneous ventilation. Therefore, sixteen piglets weighing 16±1.1kg, were randomly divided into two groups: GI (Isoflurane and FIO2 of 0.5) and GP (Propofol and FIO2 of 0.5). Heart rate (HR), systolic, diastolic and mean arterial pressure (SAP, DAP and MAP), central venous pressure (CVP), cardiac output (CO), mean pulmonary arterial pressure (mPAP) and mean capillary pulmonary pressure (mCPP) were assessed 40 minutes after anesthetic induction (T0), followed by 15 minutes intervals (from T15 to T60). The variables cardiac index (CI), stroke volume (SV), stroke index (SI), total peripheral resistance (TPR), total peripheral resistance index (TPRI), pulmonary vascular resistance (PVR), and pulmonary vascular resistance index (PVRI) were calculated. SAP and TPRI were significantly different between groups at T30 and T60 (P< 0.05) with higher GP values being recorded. There were no differences in the other variables, however, GP presented mean closer to normality on most of the analyzed variables. Therefore, we conclude that total intravenous anesthesia with propofol presented greater stability of the hemodynamic variables evaluated.(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar comparativamente os efeitos do propofol ou do isoflurano sobre as variáveis hemodinâmicas em leitões que receberam fração inspirada de oxigênio (FIO2) de 0,5 sob ventilação espontânea. Dezesseis leitões, pesando 16±1,1kg, foram divididos aleatoriamente em dois grupos: GI (isoflurano e FIO2 de 0,5) e GP (propofol e FIO2 de 0,5). A frequência cardíaca (FC), a pressão arterial sistólica, a diastólica e a média (PAS, PAD e PAM), a pressão venosa central (PVC), o débito cardíaco (DC),a pressão média da artéria pulmonar (PAPm) e a pressão média capilar pulmonar (PCPm) foram avaliados 40 minutos após a indução anestésica (T0), seguida por intervalos de 15 minutos (de T15 a T60). As variáveis índice cardíaco (IC), volume sistólico (VS), índice sistólico (SI), resistência periférica total (RPT), índice de resistência periférica total (IRPT), resistência vascular pulmonar (RVP) e índice de resistência vascular pulmonar (IRVP) foram calculadas. PAS e IRPT foram significativamente diferentes entre os grupos em T30 e T60 (P<0,05) com maiores valores de GP sendo registrados. Não houve diferenças nas demais variáveis, entretanto o GP apresentou médias próximas da normalidade na maioria das variáveis analisadas. Portanto, concluiu-se que a anestesia intravenosa total com propofol apresentou maior estabilidade das variáveis hemodinâmicas avaliadas.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1