Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Antimicrobial resistance, diarrheagenic and avian pathogenic virulence genes in Escherichia coli from poultry feed and the ingredients / Resistência antimicrobiana, genes de virulência diarreiogênicos e patogênicos para aves em Escherichia coli isoladas de ingredientes e ração de frangos

Rossato, J. M; Brito, B. G; Kobayashi, R. K. T; Koga, V. L; Sarmiento, J. J. P; Nakazato, G; Lopes, L. F. D; Balsan, L. A. G; Grassotti, T. T; Brito, K. C. T.
Arq. bras. med. vet. zootec; 71(6): 1968-1976, Nov.-Dec. 2019. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-26603

Resumo

Diarrheagenic (DEC) and avian pathogenic Escherichia coli (APEC) are associated with intestinal and extra-intestinal infections (ExPEC), respectively. We aimed to analyze the antimicrobial susceptibility, gene encoding virulence factors associated to DEC and APEC, and phylogenetic classification in E. coli isolated from 320 samples of feed and ingredients. Antimicrobial susceptibility was performed using the disk diffusion method and Multiple Antibiotic Resistance (MAR) Index and Multi-Drug Resistance (MDR) were calculated. Phylogenetic classification was performed on samples harboring DEC and/or APEC virulence-associated genes. A total of 110 E. coli strains were isolated in 15% (49/320) of the evaluated inputs (n=13 vegetable meal; n=33 animal meal, n=3 feed). In general, the isolates showed the highest rates of antimicrobial resistance to sulfonamide and cefazolin and 18% (20/110) were multi-drug resistant. MAR index of feed samples was the highest (0.467). Six and five strains had APEC and DEC virulence-associated genes, respectively, and belonging to phylogenetic groups A and B1. These findings point to the need for strict microbiological control during the production process of these foods.(AU)
Escherichia coli diarreiogênicas (DEC) e patogênicas para aves (APEC) são associadas a infecções intestinais e extraintestinais (ExPEC), respectivamente. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a sensibilidade antimicrobiana, a presença de genes que codificam os fatores de virulência relacionados à DEC e APEC, e a classificação filogenética em E. coli isoladas de 320 amostras de ração para frangos e ingredientes. A sensibilidade antimicrobiana foi determinada pelo método disco-difusão e calculou-se o índice de resistência múltipla aos antimicrobianos (IRMA) e a resistência a múltiplas drogas (MDR). Nas amostras que possuíam genes de virulência relacionados à DEC e/ou APEC, foi realizada a classificação filogenética. Foram isoladas 110 amostras de E. coli em 15% (49/320) dos insumos avaliados (n=13 farelos vegetais; n=33 farinhas de origem animal; n=3 rações). De forma geral, os isolados apresentaram as maiores frequências de resistência antimicrobiana à sulfonamida e à cefazolina e 18% (20/110) foram resistentes a múltiplas drogas. O IRMA das rações foi o mais alto (0,467). Os genes que codificam fatores de virulência associados à APEC e DEC foram detectados em seis e cinco isolados, respectivamente, pertencentes aos grupos filogenéticos A e B1. Os resultados demonstram a necessidade de rigoroso controle microbiológico durante o processo de produção desses alimentos.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1