Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Evaluation and characterization of triticale silage (x. Triticosecale wittmack) to replace Sorghum bicolor (L.) Moench (S. vulgare Pers.) silage as feed for beef cattle / Avaliação e caracterização de silagem de triticale (x. Triticosecale wittmack) em substituição à silagem de sorgo (L.) Moench (S. vulgare Pers.) para alimentação de bovinos de corte

Henz, Éderson Luis; Silva, Leandro das Dores Ferreira da; Bumbieris Junior, Valter Harry; Massaro Junior, Fernando Luiz; Zanin, Ediane; Arruda, Maria Carolina Gonçalves de.
Semina Ci. agr.; 41(1): 335-344, Jan.-Feb. 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27362

Resumo

The objective of this study was to evaluate the nutritional quality of silages containing 0, 25, 50, 75 and 100% triticale replacing sorghum silage feed for beef cattle. It was carried out fractionation of carbohydrates and proteins, and the parameters of ruminal degradation kinetics estimated by semiautomatic in vitro method of cumulative gas production of the silages. The experimental design completely randomized with five treatments and four replicates. Sorghum silage has less non-fibrous carbohydrates, and its substitution may explain the linear increase in the composition of fractions A and B1. In general, the proportions of fractions “A” and “B1 + B2” demonstrated that as sorghum replaced by triticale, the abundance of high availability proteins increased, as did the abundance of rapidly degradable proteins in the rumen. The final volume of gases produced by the fermentation of non-fibrous carbohydrates presented a negative linear relationship with increased triticale silage (P = 0.0001), while the degradation rates presented a positive linear relationship (P = 0.0001). Thus, there was rapid release of energy and nitrogen, which may meet the needs of microorganisms. Therefore, triticale silage can be substituted for sorghum silage in cattle feed as an excellent source of protein and energy without altering nutritional parameters.(AU)
Objetivou-se avaliar a qualidade nutricional da silagem de triticale contendo 0; 25; 50; 75 e 100% em substituição à silagem de sorgo. Foi realizado o fracionamento dos carboidratos em A+B1, B2 e C, e as proteínas em A, B1+B2, B3 e C das silagens. Os parâmetros de cinética de degradação ruminal foram estimados a partir do método semiautomático de produção cumulativa de gases in vitro e o inóculo ruminal foi obtido de bovinos adultos fistulados no rúmen, mantidos em pastagem de acordo com as normas de bem-estar animal. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado com cinco tratamentos e quatro repetições e os dados foram submetidos à análise de variância e análise de regressão a 5% de significância. A silagem de sorgo contém menor teor de carboidratos não fibrosos e maiores teores de proteínas das frações da fração A e B1. Ao se avaliar de maneira geral as proporções de frações “A” e “B1+B2” demonstraram que conforme o sorgo era substituído por triticale aumentava as proteínas de alta disponibilidade, bem como proteínas rapidamente degradáveis no rúmen. O volume final de gases produzidos pela fermentação dos carboidratos não fibrosos apresentou efeito linear negativo (P=0,0001) e as taxas de degradação apresentaram crescimento linear positivo (P=0,0001). Assim, houve rápida liberação de energia e nitrogênio, o que pode satisfazer as necessidades dos microrganismos. Portanto, a silagem de triticale pode substituir a silagem de sorgo para bovinos, sem prejuízo nos parâmetros nutricionais vindo a contribuir como uma ótima fonte de proteína e energia.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1