Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Identification of sulfonamides in commercial honey / Identificação de sulfonamidas em mel comercial

Duarte, Keila Maria Roncato; Saturno, Fatima Donizete Pelissari.
B. Indústr. Anim.; 77: 1-7, July 28, 2020. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27604

Resumo

The contamination of honey, bees and hives are being an issue for discussion and critics from all communities, especially in tropical countries where due to hot climate conditions and higher tendency to food contamination the use of agrochemicals in agriculture systems are intense, as well as the use of antibiotics and food preservatives. In this work, a commercial kit for identification and quantification of sulfonamides (antibiotic class) in honey collected from local markets was used. Two samples of labeled organic honey were spiked with sulfonamide to validate the assay. Twelve commercial samples were analyzed and eleven presented residues of sulfonamides, ranging from 3.46 ug per kg of honey (result of organic sample) to 10.9 ug per kg of honey, from commercial honey. The method presented correlation of 0.92 (r); and specificity of 0.1 ug per kg of honey. The recovery tests using spiked samples with 10 and 5 ug per kg of honey , gave the recovery results of 95.5% and 82.0%, respectively. Although the contaminated samples have sulfonamides concentration lower than security limit, the honey analyzed (commercial and organic labeled samples) were no free from sulfanomides, which shows that honey has contamination problems, being anissue for all consumers, which includes children.(AU)
A contaminação do mel, abelhas e colmeias tem sido motivo de discussão critica principalmente em países tropicais, onde, devido às condições climáticas quentes e maior tendência à contaminação de alimentos, o uso de agroquímicos, antibióticos e conservantes alimentares são um problema. Neste trabalho foi utilizado um kit comercial para identificação e quantificação das sulfonamidas (antibióticos) em amostras de mel coletadas no comercio local. Duas amostras rotuladas como mel orgânico foram fortificadas com sulfonamidas para validar os imunoensaios. Das doze amostras comerciais de mel, todas apresentaram resíduos de sulfonamidas, variando de 3,46 ug por kg de mel (resultado da amostra de mel rotulado orgânico) até 10,9 ug por kg de mel, em amostra de mel comercial. O método apresentou correlação de 0,92 e especificidade de 0,1 ug por kg de mel. Os testes de recuperação de amostras fortificadas com 10 e 5 ug por kg de mel foi de 95,5 a 82,0%, respectivamente. Embora as amostras contaminadas tenham quantidades de sulfonamidas inferiores aos limites de segurança, o mel analisado (amostras comerciais e mel rotulado orgânico) contem sulfonamidas, o que mostra que o mel tem problemas de contaminação, sendo um problema de segurança alimentar para todos os consumidores, incluindo crianças.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1