Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Altrenogest treatment effects on the reproductive performance of sows during transition to batch farrowing / Efeito do período de suplementação com altrenogest no desempenho reprodutivo de fêmeas suínas em transição para o manejo em bandas

Corezzolla, José Luís; Ulguim, Rafael da Rosa; Gasperin, Bernardo Garziera; Rauber, Lucio Pereira; Bianchi, Ivan.
Ci. Rural; 50(9): e20190806, July 27, 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-27762

Resumo

The synthetic progestin altrenogest (ALT) has been widely used in sow farms to concentrate artificial inseminations (AIs) during the transition of weekly productive flow for the batch farrowing system of 14 or 21 days. The objective of the present study was to investigate the effect of the duration of ALT treatment on the reproductive performance of weaned sows during transition to batch farrowing. Retrospective data was evaluated regarding the reproductive performance of primiparous and multiparous sows that were either not treated (control, n = 165) or treated with 20 mg ALT during 7 days (ALT7, n = 161) or 14 days (ALT14, n = 199) post-weaning. The interval between weaning or the end of ALT supplementation and first AI did not differ among the groups, as well as the percentage of sows inseminated up to 7 or 10 days after the end of treatment or weaning (P 0.16). There was a tendency for a lower farrowing rate (P = 0.06) in ALT7 (77.2%) when compared to ALT14 (84.5%) and control (86.3%) groups. The total number of piglets born did not differ among groups (P = 0.35). In conclusion, despite the slight delay in the estrus onset, the proportion of estrous sows was not affected, whereas the adjusted farrowing rate was reduced when ALT was administered for 7 days after weaning in multiparous sows during transition to 21 days batch farrowing system.(AU)
O progestágeno sintético altrenogest (ALT) tem sido amplamente utilizado na suinocultura para agrupamento da inseminação, na transição de fluxo produtivo semanal para manejo em bandas de 14 ou 21 dias. O presente estudo investigou o efeito da duração do tratamento com ALT sobre o desempenho reprodutivo de fêmeas desmamadas na transição para o manejo em bandas. Foram coletados dados retrospectivos do desempenho reprodutivo de fêmeas primíparas e pluríparas desmamadas (n = 525) que não foram tratadas (controle, n = 165) ou tratadas diariamente com 20 mg de ALT durante 7 dias (ALT7, n = 161) ou 14 dias (ALT14, n = 199) pós-desmame. O intervalo entre o desmame ou final da suplementação de ALT e a primeira IA não diferiu entre os grupos, bem como o percentual de fêmeas inseminadas até 7 e 10 dias pós a remoção da suplementação hormonal (P 0,16). Houve uma tendência para menor taxa de parto ajustada (P = 0,06) no grupo ALT7 (77,2%), quando comparada aos grupos ALT14 (84,5%) e controle (86,3%). O número total de leitões nascidos não diferiu entre os grupos (P = 0,35). Conclui-se que, apesar do pequeno atraso no início do estro, não houve impactos na taxa de manifestação estral. Entretanto, a taxa de parto ajustada foi reduzida quando o ALT foi administrado por sete dias após o desmame na transição para o manejo em bandas de 21 dias.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1