Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Karyotypic diversity between allopatric populations of the group Hoplias malabaricus (Characiformes: Erythrinidae): evolutionary and biogeographic considerations

Blanco, Daniel Rodrigues; Lui, Roberto Laridondo; Bertollo, Luiz Antonio Carlos; Margarido, Vladimir Pavan; Moreira Filho, Orlando.
Neotrop. ichthyol; 8(2): 361-368, 2010. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-2783

Resumo

Three populations of the group Hoplias malabaricus from the hydrographic basins of the São Francisco, Araguaia/Tocantins and Xingu Rivers in Brazil were analyzed using classic cytogenetic methods (Giemsa staining, C-banding and Ag-NORs) and molecular methods (fluorescent in situ hybridization with 18S rDNA, 5S rDNA and 5SHindIII satellite DNA probes). The chromosome markers allowed the characterization of these populations as belonging to karyomorph A and the detection of inter-population divergences. These differences likely stem from different evolutionary histories resulting from geographic isolation between populations associated to the dispersive mode of these organisms, reinforcing genetic diversity in the group Hoplias malabaricus.(AU)
Três populações do grupo Hoplias malabaricus das bacias hidrográficas dos rios São Francisco, Araguaia/Tocantins e Xingu foram analisadas citogeneticamente utilizando-se métodos clássicos (coloração com Giemsa, bandamento-C e Ag-RONs) e moleculares (hibridização in situ fluorescente com sondas de rDNA 18S, rDNA 5S e DNA satélite 5SHindIII). Os marcadores cromossômicos foram fundamentais para a caracterização destas populações como pertencentes ao cariomorfo A e para detecção de claras divergências interpopulacionais. Estas diferenças são provavelmente oriundas de diferentes histórias evolutivas do isolamento geográfico entre as populações associado ao modo dispersivo destes organismos, reiterando a diversidade genética do grupo Hoplias malabaricus.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1