Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Uso do plasma rico em plaquetas associado a colírios no tratamento de ceratite ulcerativa em equino / Use of rich plasma on platters associated with collieries in the treatment of ulcerative caeratitis in equine

Bezerra Neto, Luiz Hernani Soares; Moura, Marllus Vinicius Lima; Vago, Paula Bittencourt.
Ciênc. Anim. (Impr.); 30(1): 137-144, 2020. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28005

Resumo

A córnea é a primeira estrutura do olho a receber luz, sendo localizada na parte mais externado bulbo ocular. Devido a sua localização está sujeita, com maior frequência, a processos lesivos, como a úlcera de córnea, também chamada de ceratite ulcerativa. É a patologia com maior ocorrência dentre as afecções oftalmológicas em equinos, e caso não tenha o tratamento adequado, pode levar a perda da visão do animal. Diante desse contexto, objetivo do estudo foi relatar um caso clínico de ceratite ulcerativa em equino tratado com plasma rico em plaquetas (PRP) associado a colírios. Um equino, macho, de 3 anos de idade, raça Quarto de Milha, pelagem alazã foi encaminhado para atendimento veterinário por ter sofrido uma pancada em um caibro. Durante o exame clínico foi constatado que o cavalo apresentava quemose, epífora, blefaroespasmo e perda temporária da capacidade visual. Baseado nos sinais clínicos e histórico a suspeita clínica foi de ceratite ulcerativa. O tratamento indicado foi instilação de Ocucan® colírio, Ciprovet® e PRP, duas gotas de cada, duas vezes ao dia, além de lavagem com solução fisiológica. O animal apresentou evolução significativa ao tratamento e com 30 dias foi liberado para retornar a propriedade e as atividades físicas gradativamente. Dessa forma, podemos concluir que o uso de plasma rico em plaquetas constitui uma ferramenta importante e acessível no tratamento de ceratite ulcerativa em equinos, inclusive demonstrando bons resultados na caraterística da cicatrização e no tempo da mesma.(AU)
The cornea is the first structure of the eye receiving light, being located at the outermost part of the ocular bulb. Due to its location is subject, more often, the harmful processes such as corneal ulcer, also called keratitis Ulcerative. It is the disease with higher incidence among ophthalmologic diseases in horses, and if no proper treatment, can lead to the animal vision loss. In this context, objective of the study was to report a case of keratitis Ulcerative equinus treated with platelet-rich plasma (PRP) associated with eye drops. A horse, male, 3 years old, Quarter Horses, sorrel coat was referred to veterinary care after suffering a stroke on a rafter. During the clinical examination revealed that the horse had chemosis, epiphora blepharospasm and temporary loss of vision. Based on clinical signs and history clinical suspicion was keratitis Ulcerative. The treatment was Ocucan® instillation of eye drops, Ciprovet® PRP and two drops each, twice a day, and washing with saline solution. The animal showed evolution significant treatment and was released 30 days to return the property and physical activity gradually. Thus, we conclude that the use of platelet rich plasma is an important tool and accessible in the treatment of ulcerative keratitis in horses, including demonstrating good results in healing characteristic and time thereof.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1