Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Intake, microbial protein synthesis, and nitrogen balance in lambs fed diets containing mulberry hay / Consumo, síntese de proteína microbiana e balanço de nitrogênio em cordeiros alimentados com dietas contendo feno de amoreira

Cirne, Luis Gabriel Alves; Sobrinho, Américo Garcia da Silva; Basso, Fernanda Carvalho; Takahashi, Roque; Borghi, Thiago Henrique; Viegas, Carlos Renato; Carvalho, Gleidson Giordano Pinto de; Zeola, Nivea Maria Brancacci Lopes.
Semina Ci. agr.; 36(supl.2): 4413-4422, 2015. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28023

Resumo

The objective of this study was to evaluate intake, microbial protein synthesis, and nitrogen balance in lambs fed diets containing 0.00, 12.50, and 25.00% mulberry hay substituting the concentrate. Twentyfour Ile de France lambs at approximately 60 days of age, with a body weight of 15.48 ± 0.07 kg, were confined in individual stalls and slaughtered upon reaching 32 kg body weight. Only the intakes of ether extract and metabolizable energy decreased linearly (P 0.05) as the participation of mulberry hay in the concentrate was increased. Nitrogen in the feces, expressed in g day1 and g kg0.75 day1, increased linearly (P 0.05), whereas excretions (mmol day1) of allantoin, total purines, and absorbed microbial purines, microbial production (g day1) expressed in microbial nitrogen and microbial crude protein, and microbial efficiency expressed in g MN kg1 RDOM1 and g MP kg1 of TDN decreased linearly as the level of hay in the diet was increased. Mulberry hay substituting the concentrate in diets for feedlot lambs reduces the microbial protein synthesis.(AU)
Objetivou-se com este trabalho avaliar o consumo, a síntese de proteína microbiana e o balanço de nitrogênio em cordeiros alimentados com rações contendo 0,00; 12,50 e 25,00% de feno de amoreira em substituição ao concentrado. Foram utilizados vinte e quatro cordeiros Ile de France, com aproximadamente 60 dias de idade e 15,48 ± 0,07 kg de peso corporal, confinados em baias individuais e abatidos ao atingirem 32 kg de peso corporal. Apenas a ingestão de extrato etéreo e energia metabolizável apresentaram redução linear (P 0,05) com a inclusão do feno de amoreira no concentrado. Houve aumento linear (P 0,05) do nitrogênio nas fezes expresso em g dia-1 e g kg0,75 dia-1, redução linear (P 0,05) das excreções (mmol dia-1) de alantoína, purinas totais e purinas microbianas absorvidas, produção microbiana (g dia-1) expressa em nitrogênio microbiano e proteína bruta microbiana, e eficiência microbiana expressa em g Nm kg-1 de MODR-1 e g Pm kg-1 de NDT à medida que aumentou feno de amoreira na ração. O feno de amoreira em substituição ao concentrado na ração de cordeiros confinados reduz a síntese de proteína microbiana.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1