Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Characterization of gelatins from Nile tilapia skins preserved by freezing and salting / Caracterização das gelatinas obtidas a partir de peles de tilápia do Nilo conservadas pelos métodos de congelamento e salga

Bordignon, Adriana Cristina; Souza, Maria Luiza Rodrigues de; Gasparino, Eliane; Yajima, Edson Minoru; Visentainer, Jesuí Vergílio; Goes, Elenice Souza dos Reis.
Semina Ci. agr.; 40(6): 2581-2592, Nov.-Dec. 2019. ilus, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28612

Resumo

After Nile tilapia skin was preserved using the methods of freezing and dry salting, characteristics of skin gelatin were evaluated with regard to yield, rheological features and physical and chemical properties. Preservation was performed after filleting, at which time skins were either frozen (-18C) for 7 days or salted (25ºC) for 7 days. Although no differences (p > 0.05) were observed with respect to humidity, protein, lipid, ash and calcium levels, gelatin from salted skins had a higher concentration of iron relative to frozen skins. Further, twenty-three fatty acids were detected in salted skins compared with merely three found in skin derived gelatin. Of amino acids found, glycine, alanine, proline and arginine were the most abundant. Hydroxyproline abundance in salted and frozen skin gelatin were 8.76% and 8.71%, respectively. In addition, salted skin gelatins had a greater accumulation of saturated fatty acids and lower rates of monounsaturated fatty acids. Salted skin gelatin had the highest yield (18g × 100g-1), gel strength (200 g) and viscosity (19.02mPas) when compared to the yield (17g × 100g-1), gel strength (12.7g) and viscosity (9.16 mPas) of frozen skins. Results show that gelatin from dry salted skin had the best yield and also had relatively better rheological properties, more iron, and better coloration relative to gelatin obtained from frozen skins of Nile tilapia.(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar os métodos de conservação de peles de tilápia do Nilo (por congelamento e salga a seco) sobre o rendimento, propriedades reológicas e físico-químicas da gelatina obtida a partir destas peles. Para tanto, após a filetagem, peles de tilápia foram distribuídas em dois métodos de conservação: peles congeladas (-18C) por 7 dias e peles salgadas (25ºC) por 7 dias. Não foram observadas diferenças (P > 0,05) nos teores de umidade, proteína, lipídeos, cinzas e cálcio entre gelatinas; porém a gelatina de peles salgadas apresentou maior teor de ferro. Foram encontrados 23 ácidos graxos nas peles e apenas três nas gelatinas, sendo que gelatinas de peles salgadas apresentaram maior somatório de ácidos graxos saturados e menor de ácidos graxos monoinsaturados. Os aminoácidos encontrados em maiores proporções foram glicina, alanina, prolina e arginina, sendo que os valores de hidroxiprolina encontrados para a gelatina de pele salgada foi de 8,76 g × 100g-1 e na gelatina de peles congeladas, 8,71 g×100g-1. A gelatina de pele salgada apresentou maior rendimento (18 g × 100g-1), força de gel (200 g) e viscosidade (19,02mPas) em relação a gelatina de pele congelada (17 g × 100g-1, 12,7g e 9,16 mPas). Conclui-se que a gelatina extraída a partir de peles conservadas pela salga a seco apresentou melhor rendimento, melhoria nas propriedades reológicas, maior teor de ferro e melhor coloração, em relação a gelatina obtida de peles congeladas de tilápia do Nilo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1