Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Desempenho germinativo de sementes de soja revestidas com polímeros hidrofílicos / Germinative performance of soybean seeds coated with hidrophyl polymers

Scarsi, Marina; Possenti, Jean Carlo; Brandelero, Renata Paula Herrera; Deuner, Cristiane <.
Colloq. agrar.; 16(3): 48-59, maio-jun. 2020. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-28644

Resumo

O uso de polímeros biodegradáveis e biocompatíveis no revestimento de sementes tem se tornado importante devido às suas propriedades biológicas desejáveis e renováveis. O presente estudo teve como objetivo avaliar o efeito de polímeros hidrofílicos sobre a embebição e atributos fisiológicos de sementes de soja, cultivar NK 7059 RR. As sementes foram submetidas ao revestimento com os polímeros amido de mandioca, alginato de sódio e álcool polivinílico em quatro concentrações, sendo 0, 2, 4 e 6%. A embebição foi avaliada em intervalos de três horas durante 24 horas, totalizando oito avaliações. Para a qualidade fisiológica as sementes foram submetidas aos testes de primeira contagem de germinação, germinação, índice de velocidade de germinação, envelhecimento acelerado, emergência em casa de vegetação, índice de velocidade de emergência e condutividade elétrica. Os polímeros utilizados no presente estudo aumentam o percentual de embebição das sementes, principalmente o alginato de sódio na concentração de 4%. O revestimento com alginato de sódio afeta a qualidade fisiológica das sementes. De maneira geral, quanto maior a concentração dos polímeros, maior a interferência negativa no desempenho fisiológico das sementes.(AU)
The use of biodegradable and biocompatible polymers in seeds coated has become important due to their desirable and renewable biological properties. The present study aimed to evaluate the effect of biopolymers on the imbibition and physiological attributes of soybean seeds, NK 7059 RR cultivar. The seeds were coated with cassava starch, sodium alginate and polyvinyl alcohol biopolymers at four different concentrations 0, 2, 4 and 6%. The imbibition was evaluated at three hour intervals for 24 hours, totaling eight evaluations. For physiological quality the seeds were submitted to the tests of first germination count, germination, germination speed index, accelerated aging, greenhouse emergence, emergence speed index and electrical conductivity. The polymers used in the present study increase the percentage of seed soaking, especially sodium alginate at a concentration of 4%. The increase in the concentration of polymers negatively affects seedling emergence, and in the case of sodium alginate it reduces germination and seeds vigor.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1