Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Complementary data on four methods for sampling free-living ticks in the Brazilian Pantanal / Dados complementares de quatro métodos para amostragem de carrapatos em vida livre no Pantanal brasileiro

Ramos, Vanessa do Nascimento; Osava, Carolina Fonseca; Piovezan, Ubiratan; Szabó, Matias Pablo Juan.
R. bras. Parasitol. Vet.; 23(4): 516-521, Oct-Dec/2014. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-28757

Resumo

In this study, four methods for sampling free-living ticks that are used in ecological and human tick-bite risk studies were evaluated. Cloth dragging, carbon dioxide traps and visual searches and inspection of plant litter on the ground were used in field and forest areas within the Brazilian Pantanal. Among the three tick species collected, Amblyomma sculptum predominated, followed by Amblyomma parvum and Amblyomma ovale. Dragging, a cheap and simple technique, yielded the highest numbers of ticks, particularly nymphs. The visual search detected a high number of adult ticks and provided information on tick questing height. Even though laborious, plant litter examination showed that large numbers of ticks may use this stratum. Carbon dioxide (CO2) traps are expensive and difficult to handle, but they are highly efficient for adult ticks, especially A. parvum. These data indicate that one method alone is incapable of providing a representative sample of the tick fauna in a particular area and that multiple techniques should be used for tick population studies.
Neste estudo, foram avaliados quatro métodos de amostragem de carrapatos em vida livre, usados em estudos ecológicos e avaliação do risco de picadas em humanos. Arraste de flanela, armadilhas de gás carbônico (CO2), busca visual e inspeção de serrapilheira foram aplicados em áreas campestres e florestais no Pantanal brasileiro. Dentre três espécies coletadas, a predominância foi de Amblyomma sculptum, seguida por Amblyomma parvum e Amblyomma ovale. O arraste, técnica simples e de baixo custo, resultou em maior número de carrapatos, particularmente de ninfas. A busca visual detectou alto número de carrapatos adultos e forneceu informações sobre altura de espera por hospedeiros. Apesar de trabalhoso, o exame da serrapilheira demonstrou que grande número de carrapatos pode utilizar esse estrato. Armadilhas de CO2 têm custo elevado e são difíceis de manusear, entretanto, são altamente eficientes para carrapatos adultos, em especial para A. parvum. Esses dados indicam que somente um método é incapaz de fornecer amostra representativa da ixodofauna em uma área particular e que, para estudos populacionais, técnicas múltiplas devem ser usadas.
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1