Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Use of a morcellized fragment of bone as a bone graft in a femoral fracture repair / Uso de fragmento ósseo morcelizado como enxerto ósseo no reparo de fratura femoral

Eggert, Mayara; Daniel, Lucas Lubasinski; Luz, Mayron Tobias da; Govoni, Veronica Mollica; Froes, Tilde Rodrigues; Ibañez, José Fernando.
R. bras. Ci. Vet.; 27(1): 19-21, 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29033

Resumo

As one of the most frequent reasons for presentation at the orthopedic services in veterinary practice, long bone fractures need bone continuity for consolidation to take place. This case report has demonstrates the use of a morcellized fragment of bone as a bone graft in a femoral fracture with major bone loss. A mixed-breed adult cat with a segmental femoral fracture with a large longitudinal fissure in the central bone fragment was submitted to an interlocking nail osteosynthesis. During the procedure a fracture occurred along the fissure resulting in two bone fragments with significant bone loss. Fragments were morcellized and applied over the defect to act as a bone graft. By the 15th day after the surgery, the cat had a normal gait and showed no pain response, and bone consolidation occurred after 7 months. Once harvesting of humeral, femoral and tibial bone grafts can be frustrating in cats, resulting in just small amounts of bone, the morcellation of the central fragments was vital to provide sufficient graft to cover the big defect in the femoral shaft. The authors suggest that autologous fresh morcellized cortical bone fragments can be an adjunct to the treatment of comminuted fractures in cats, as an alternative to more traditional repairs of comminuted fracture.(AU)
Fraturas de ossos longos necessitam de continuidade óssea para que a consolidação ocorra. Este relato de caso tem como objetivo demonstrar o uso de um fragmento ósseo morcelizado com a função de enxerto ósseo em uma fratura de fêmur com presença de uma grande falha óssea entre os fragmentos. Um gato adulto, sem raça definida, com uma fratura múltipla em fêmur com presença de uma fissura longitudinal no fragmento central foi submetido à osteossíntese com uso de haste bloqueada. Durante o processo, ocorreu uma fragmentação a partir da fissura, o que resultou na presença de dois fragmentos ósseos com uma grande porção de perda óssea entre os dois. Os fragmentos ósseos restantes do fragmento central foram morcelizados e aplicados no defeito para atuar com enxerto ósseo. Quinze dias após a cirurgia o paciente apresentou apoio normal e ausência de dor, e consolidação óssea ocorreu em 7 meses pós operatórios. Uma vez que a coleta de enxerto nos gatos resulta em pouca quantidade de osso, a morcelização do fragmento central foi vital para promover enxerto suficiente para cobrir o defeito ósseo. Os autores sugerem que o uso de enxerto cortical autólogo fresco morcelizado pode ser um adjuvante no tratamento de fraturas cominutivas em gatos, como um tratamento alternativo à terapia convencional.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1