Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Liposarcoma with perineal hernia in dog / Lipossarcoma associado à hérnia perineal em um cão

Castro, Jorge Luiz Costa; Santalucia, Sérgio; Castro, Verônica Souza Paiva; Pires, Marcos Vinicius Mota; Suzano, Sara Maria de Carvalho e; Leme Júnior, Paulo de Tarso de Oliveira; Raiser, Alceu Gaspar.
R. bras. Ci. Vet.; 21(3): 163-166, jul.-set. 2014. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29275

Resumo

Liposarcoma is an uncommon malignant tumor originated in the lipoblasts that usually does not produce metastases, but is locally invasive. The final diagnosis is made by histopathology and wide surgical excision is the treatment. A four years old male Pinscher, weighing 2.8 kg, which was previously submitted to seven therapeutic procedures for hepatoid adenoma, was brought to us. On clinical examination a large, soft consistency and painless tumor on lumbodorsal area, besides perineal hernia, was observed. The CT scan revealed an image of an extensive paravertebral intramuscular tumor, embracing retroperitoneal, pelvic canal and ad-anal region. After surgical resection, the material was sent for histopathological examination which confirmed it was a liposarcoma. Thus, chemotherapy protocol with doxorubicin was established. 12 months after the last application of chemotherapy, the patient shows no signs of tumor recurrence nor metastases.(AU)
O lipossarcoma é um tumor maligno incomum, originário dos lipoblastos que geralmente não produz metástases; entretanto, élocalmente invasivo. O diagnóstico definitivo é obtido por exame histopatológico e o tratamento consiste na excisão cirúrgica ampla.Foi atendido um cão, da raça Pinscher, macho, com quatro anos de idade, pesando 2,8kg, que fora submetido anteriormentea sete procedimentos terapêuticos para adenoma hepatoide. Ao exame clínico o paciente apresentava uma grande tumoraçãona região dorsolombar, de consistência amolecida e indolor, além de hérnia perineal. O exame de tomografia computadorizadarevelou imagem de uma massa intramuscular paravertebral extensa, invadindo retroperitônio, canal pélvico e região ad-anal. Apósressecção cirúrgica, o material foi encaminhado para análise histopatológica, que confirmou tratar-se de um lipossarcoma; dessaforma, foi instituído protocolo quimioterápico com doxorrubicina. Decorridos 12 meses da última aplicação do quimioterápico, opaciente não apresenta sinais de recidiva da neoplasia maligna, nem tampouco metástases.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1