Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Effect of doses and administration routes of 9R vaccine on protection of Japanese quails against experimental infection with Salmonella Gallinarum / Efeito das doses e vias de administração da vacina 9R na proteção de codornas japonesas contra infeccção experimental com Salmonella Gallinarum

Nagayoshi, B. A; Vellano, I. H. B; Moraes, A. C. I; Gross, L. S; Padovani, C. R; Sallum Neto, F; Tirabassi, A. H; Zuanaze, M. A. F; Oide, M. M; Okamoto, A. S; Andreatti Filho, R. L.
Arq. bras. med. vet. zootec; 72(2): 499-504, Mar./Apr. 2020. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29623

Resumo

Coturniculture has increased significantly in the last decades. There are several pathogens that can affect these birds. Among the diseases, fowl typhoid stands out as a disease with a potentially great impact to the poultry industry. The objective of this the study was to evaluate the effect of doses and administration routes of live 9R vaccine on protection of Japanese quails against experimental infection with Salmonella Gallinarum (SG). Two hundred and fifty birds were used, divided into five groups: G1, oral vaccination with one dose; G2, oral vaccination with 2 doses; G3, subcutaneous vaccination with one dose; G4, subcutaneous vaccination with two doses and G5 not vaccinated. All birds from all five groups were challenged with SG at an age of 45 days. SG was quantified in the periods of one, four, seven and twelve days after the challenge. The presence of clinical signs and macroscopic lesions of the disease were observed. The groups vaccinated by subcutaneous route had a higher egg production and lower mortality rate. Birds receiving a dose of the vaccine by subcutaneous route also showed lower amount of SG in the liver and spleen seven days after the challenge.(AU)
A coturnicultura tem aumentado significativamente nas últimas décadas. Existem vários patógenos que podem afetar essas aves. Entre as doenças, o tifo aviário se destaca como uma doença de grande impacto para a indústria avícola. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de doses e vias de administração da vacina viva 9R na proteção de codornas japonesas contra infecção experimental por Salmonella Gallinarum (SG). Foram utilizadas duzentos e cinquenta aves, divididas em cinco grupos: G1, vacinação oral com uma dose; G2, vacinação oral com 2 doses; G3, vacinação subcutânea com uma dose; G4, vacinação subcutânea com duas doses e G5 não vacinado. Todas as aves dos cinco grupos foram desafiadas com SG aos 45 dias de idade. A SG foi quantificada nos períodos de um, quatro, sete e doze dias após o desafio. Foi observada a presença de sinais clínicos e lesões macroscópicas da doença. Os grupos vacinados por via subcutânea apresentaram maior produção de ovos e menor taxa de mortalidade. Aves recebendo uma dose da vacina por via subcutânea também apresentaram menor quantidade de SG no fígado e baço sete dias após o desafio.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1