Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Radiographic evaluation of tracheal collapse in dogs by compressive technique / Avaliação radiográfica do colapso de traqueia em cães pela técnica compressiva

Beltrán, K. G; Pascon, J. P. E; Mistieri, M. L. A.
Arq. bras. med. vet. zootec; 72(3): 799-806, May-June, 2020. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-29726

Resumo

The purpose of this study was to verify the applicability of the compressive radiographic technique (pressures of 5, 10, 15 and 20mmHg) in the diagnosis of tracheal collapse in small breed dogs, in lateral cervicothoracic radiography. Out of the 50 dogs evaluated, 25 presented tracheal collapse (TG group), 23 did not present tracheal collapse (CG) and two were excluded because they did not tolerate a pressure of 20 mmHg. The TG group presented a smaller internal diameter of the trachea in the region of the fourth cervical vertebra (D4) and at the entrance of the thorax (TDE) compared to the CG group, in all the radiographic projections performed, as well as within the TG group where the compressive technique differed from conventional. Furthermore, there was a correlation between the clinical sign of coughing during cervical collar use and the presence of radiographic tracheal collapse at a pressure of 20 mmHg. It was concluded that the compressive radiographic technique was feasible and efficient in confirming the diagnosis of tracheal collapse in dogs, especially in the pressure of 20 mmHg, where it was associated with clinical signs, and can be used in isolation or complementary to the conventional technique.(AU)
O objetivo deste trabalho foi verificar a aplicabilidade da técnica radiográfica compressiva no diagnóstico do colapso de traqueia em cães de raças pequenas, por meio da comparação do diâmetro da traqueia durante a radiografia cervicotorácica lateral convencional e sobre influência da compressão externa com pressões de 5, 10, 15 e 20mmHg (técnica compressiva). Dos 50 cães avaliados, 25 apresentaram colapso de traqueia (grupo TG), 23 não apresentaram o colabamento traqueal (grupo controle - CG) e dois foram excluídos por não tolerarem a pressão de 20mmHg. Os diâmetros internos da traqueia na região da quarta vértebra cervical (D4) e na entrada do tórax (DET) foram menores no grupo TG em relação ao CG, em todas as projeções radiográficas realizadas, bem como dentro do grupo TG, no qual a técnica compressiva diferiu da convencional. Houve correlação entre o sinal clínico de tosse durante o uso de coleira cervical e a presença do colapso de traqueia radiográfico, na pressão de 20mmHg. Concluiu-se que a técnica radiográfica compressiva foi exequível e eficiente na confirmação do diagnóstico do colapso de traqueia em cães, especialmente na pressão de 20mmHg, em que houve associação com sinais clínicos, podendo ser utilizada de forma isolada ou complementar à técnica convencional.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1