Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Lúpus eritematoso discoide em cão / Dischoid erythematosus lupus in dog

Lima, Renan Carvalho; Santos, Karina Maria de Macedo; Viana, Daniel de Araújo; Lavor, Carlos Tadeu Bandeira; Vago, Paula Bittencourt.
Ciênc. Anim. (Impr.); 30(2,supl.1): 51-57, 2020. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-29921

Resumo

O Lúpus Eritematoso Discoide (LED) é uma doença autoimune que causa alterações no sistema tegumentar dos animais. Ela acomete cães, gatos, equinos e humanos. Sua etiologia ainda não é bem elucidada, mas acredita-se que fatores genéticos, hormonais e ambientais possam possivelmente desencadeá-la. Essa enfermidade é caracterizada por despigmentação, eritema e descamação nas áreas acometidas, podendo em casos crônicos úlceras serem observadas. Seu diagnóstico baseia-se nos resultados obtidos na anamnese, histórico, exame físico e no exame histopatológico. Por se tratar de uma doença autoimune não há cura definitiva, ocorre apenas o controle, que para tal, pode-se utilizar drogas imunossupressoras e restrição solar. Objetiva-se com presente trabalho relatar um caso de Lúpus Eritematoso Discoide em um cão. No caso relatado o animal apresentava lesões com aspecto eritematoso, descamativo e ulcerado, na região nasal, nos lábios e gengiva, região perianal e na região abdominal caudal. O diagnóstico confirmatório da doença foi realizado por meio do exame histopatológico. Como tratamento foi instituído a corticoterapia a base de prednisolona na dose de 2mg/kg, BID, por 10 dias, posteriormente a dose foi reduzida para 1mg/kg, BID, por mais 10 dias e depois 1mg/kg, em dias alternados, também foi recomendado a restrição solar. O animal respondeu positivamente ao tratamento instituído com melhora significativa dos sinais clínicos apresentados. Contudo, deve-se salientar que a terapêutica instituída com objetivo de controle, pois conforme já foi mencionado não há cura definitiva para a enfermidade.(AU)
Discoid Lupus Erythematosus (LED) is an autoimmune disease that causes changes in the integumentary system of animals. It affects dogs, cats, horses and humans. Its etiology is still not well understood, but it is believed that genetic, hormonal and environmental factors may possibly trigger it. This disease is characterized by depigmentation, erythema and desquamation in the affected areas, and in chronic cases ulcers may be observed. Its diagnosis is based on the results obtained in the anamnesis, history, physical examination and histopathological examination. Because it is an autoimmune disease, there is no definitive cure, only control occurs, for which, immunosuppressive drugs and solar restriction can be used. The objective of this work is to report a case of Discoid Lupus Erythematosus in a dog. In the case reported, the animal presented lesions with an erythematous, scaly and ulcerated aspect, in the nasal region, on the lips and gums, perianal region and in the caudal abdominal region. The confirmatory diagnosis of the disease was performed by means of histopathological examination. As treatment, prednisolone-based corticosteroids were administered at a dose of 2mg / kg, BID, for 10 days, then the dose was reduced to 1mg / kg, BID, for another 10 days and then 1mg / kg, every other day, as well. solar restriction was recommended. The animal responded positively to the treatment instituted with a significant improvement in the clinical signs presented. However, it should be noted that the therapy instituted for the purpose of control, as as already mentioned, there is no definitive cure for the disease.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1