Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Aspectos gerais da acidose ruminal subaguda / General aspects of subacute ruminal acidosis

Macedo, Gustavo Gomes; Kamura, Beatriz da Costa; Ferreira, Lucas Vinícius de Oliveira.
Ciênc. Anim. (Impr.); 30(3): 85-96, 2020.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-29979

Resumo

A acidose ruminal consiste em uma enfermidade metabólica associada à ingestão de grande quantidade de carboidratos rapidamente fermentáveis. As principais formas clínicas são a acidose ruminal aguda e a acidose ruminal subaguda (SARA), a qual é caracterizada por um quadro mais brando e de queda transitória do pH. Trata-se de um distúrbio desafiador para identificar e prevenir. Não há consenso a respeito da causa da SARA, embora a diminuição do pH ruminal provavelmente seja o principal fator. A fisiopatologia é complexa, e os sinais clínicos são inespecíficos dificultando o diagnóstico. A SARA tem consequências econômicas e de saúde à longo prazo devido às suas complicações que afetam consideravelmente o conforto e o bem-estar animal. Devido à afecção acometer rebanhos como um todo, os avanços atuais desta doença ganharam maior foco na prevenção que requer cuidados no manejo alimentar. Assim, os animais devem ser monitorados constantemente para facilitar reconhecimento precoce da condição e limitar as perdas. O presente trabalho teve como objetivo revisar os aspectos gerais relacionados à SARA, como etiopatogenia, epidemiologia, achados clínicos, diagnóstico, tratamento e prevenção, destacando sua importância na saúde e na produção de ruminantes.(AU)
Ruminal acidosis is a metabolic disease associated with the ingestion of large amounts of rapidly fermentable carbohydrates. The main clinical forms are acute ruminal acidosis and subacute ruminal acidosis (SARA), which is characterized by a milder picture and a transient drop in pH. It is a challenging disorder to identify and prevent. There is no consensus regarding the cause of SARA, although the decrease in rumen pH is probably the main factor. Pathophysiology is complex, and clinical signs are nonspecific, making diagnosis difficult. SARA has long-term health and economic consequences due to its complications which considerably affect animal comfort and well-being. Due to the disease affecting herds, the current advances in this disease have gained greater focus on prevention that requires care in feeding management. Thus, animals must be monitored constantly to facilitate early recognition of the condition and limit losses. The present study aimed to review general aspects related to SARA, such as etiopathogenesis, epidemiology, clinical findings, diagnosis, treatment and prevention, highlighting its importance in health and in the production of ruminants.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1