Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Feline plasm cell pododermatitis: case report / Pododermatite plasmocitária felina: relatode caso

Strack, Adriane; Moretto, Luana; Concilio, Carla Di; Zimermann, Francielli Cordeiro; Ramos, Adriano Tony; Guedes, Rogério Luizari; Pereira, Marcy Lancia.
Acta Vet. bras.; 14(4): 220-225, 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30120

Resumo

Feline Plasmacytic Pododermatitis is an uncommon dermatological disorder that affects one or multiple paw pads and leads to swelling, ulceration, hemorrhage, scaling, erythema, and striation. Its etiopathogenesis is poorly understood, however, an immune-mediated basis is strongly suggested. A two-year-old neutered, mixed breed, male cat was referred to the Veterinary Clinic of the Federal University of Santa Catarina (UFSC), Curitibanos Campus, with a brief clinical history of progressive lesions on palmar and plantar pads for one month. On physical examination, the patient had enlarged popliteal and inguinal lymph nodes, and paw pads with thin, swollen, hyperemic, erythematous, and purple color skin with multiple white striations. Histopathological diagnosis confirmed plasmacytic pododermatitis, and glucocorticoid therapy with prednisolone was prescribed. In the present report, the patient's clinical follow-up was compromised, as the tutor did not perform the prescribed treatment and did not return with the animal for further evaluations.(AU)
A pododermatite plasmocitáriafelina é uma desordem dermatológica incomum que acomete os coxins plantares e/ou palmares, levando a edema, ulceração, hemorragia, descamação, eritema e estrias esbranquiçadas. Sua etiologia e patogenia são desconhecidas, mas acredita-se que tenha origem imunomediada. Foi atendido na Clínica Veterinária Escola da UFSC, CampusCuritibanos, um felino, macho, sem raça definida, 2 anos de idade, castrado, com histórico de lesões nos coxins palmares e plantares há um mês, com evolução progressiva. Ao exame físico apresentava-se com os linfonodos poplíteos e inguinais aumentados, além de coxins com pele fina, edemaciada, hiperêmica, com eritema, púrpura e estrias esbranquiçadas. O diagnóstico histopatológico confirmou pododermatite plasmocitária e foi prescrito tratamento à base de prednisolona. Não foi possível acompanhar a evolução clínica do paciente, pois o tutor não realizou o tratamento prescrito e não trouxe o animal para novas avaliações.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1