Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Outbreak of avian aspergillosis in colonial-bred chicks (Isa Brown) in southern Rio Grande do Sul - case report / [Surto de aspergilose aviária em pintainhas (Isa Brown) de criação colonial na região sul do Rio Grande do Sul - relato de caso]

Zamboni, R; Alberti, T. S; Scheid, H. V; Venancio, F. R; Brunner, C. B; Martins, O. A; Raffi, M. B; Sallis, E. S. V.
Arq. bras. med. vet. zootec. (Online); 72(4): 1363-1368, July-Aug. 2020. ilus
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-30212

Resumo

In this study we describe the epidemiology, clinical signs, and pathology of an outbreak of avian aspergillosis in alternative breeding in the southern region of Rio Grande do Sul, Brazil. Between the fifth and tenth day of life, 360 chicks from a flock of 4000 developed unspecific clinical signs and died. The birds were housed in a reused aviary litter, without previous treatment. In 11 six-day-old female ISA Brown chicks (Gallus gallus domesticus), necropsy revealed firm, yellowish-white, multinodular lesions extending from the pleura to the lung parenchyma. Histologically, a granulomatous, multifocal to coalescent pneumonia was observed. Granulomas were characterized by central necrosis, with heterophil and epithelioid macrophage infiltration and presence of countless Y-shaped intralesional septate hyphae morphologically compatible with Aspergillus spp. The diagnosis through isolation confirmed Aspergillus fumigatus. We highlight the importance of aspergillosis as a primary cause of diseases in the respiratory tract of young birds in alternative breeding. Measures to prevent aspergillosis mainly regarding the reuse of aviary litter are essential in poultry husbandry to prevent economic losses, reduce environmental contamination and mitigate the potential risk to public health.(AU)
Descrevem-se os aspectos epidemiológicos e patológicos de um surto de aspergilose aviária em criação alternativa na região sul do Rio Grande do Sul, Brasil. De um lote de 4000 pintainhas, entre o quinto e o 10º dia de vida, 360 aves apresentaram sinais clínicos inespecíficos e morreram. As aves foram alojadas em cama reutilizada do aviário, sem tratamento prévio. Na necropsia de 11 pintainhas (Gallus gallus domesticus), fêmeas, seis dias de idade da linhagem Isa Brown, foram observadas no pulmão lesões multinodulares, branco-amareladas e firmes, que se estendiam da pleura ao parênquima. Histologicamente foi observada pneumonia granulomatosa, multifocal a coalescente. Os granulomas eram caracterizados por necrose central, com infiltrado inflamatório de heterófilos, macrófagos, células epitelioides com presença de inúmeras hifas septadas intralesionais, semelhantes à letra "Y", morfologicamente compatíveis com Aspergillus spp. O diagnóstico foi confirmado pelo isolamento de Aspergillus fumigatus. Alerta-se para a importância da aspergilose como causa primária de afecções no trato respiratório de aves jovens em criações alternativas. Medidas preventivas relacionadas ao manejo dessas aves são indispensáveis principalmente quanto à reutilização da cama dos aviários, a fim de evitar perdas econômicas, reduzir a contaminação ambiental e o potencial risco à saúde pública.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1