Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Chromium oxide (51Cr2O3 ) used as biological marker was not absorbed by fish / Óxido de crômio (51Cr 2O3 ), usado como marcador biológico, não é absorvido por peixe

Sakita, G Z; Meira, D C; Bremer Neto, H; Cyrino, J E P; Abdalla, A L.
Arq. bras. med. vet. zootec; 67(3): 755-762, May-Jun/2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-303233

Resumo

The aim of this study was to evaluate the rate absorption of radio-labeled chromium oxide (51Cr2O3), used as biological marker in nutrition studies with Nile tilapia Oreochromis niloticus. An experimental diet with approximately 58 µCi of specific activity of the element was encapsulated and fed daily to 35 adult Nile tilapia; a group of 35 fish was used as control feeding on a basal diet. At the beginning of the experiment five fish from each group were randomly selected and blood samples were drawn from control (BC) and experimental fish (BE). Fish were then euthanized by anesthetic overdoses and samples of the liver tissue (LT), renal tissue (RT), stomach without content (S), intestine without content (I), gills tissue (GT), muscle tissue (fillet; MT), visceral fat (VF), content of the digestive tract (CTDE) and water aquarium were collected from the experimental fish. The procedure was repeated daily for one week. Simple linear regressions were adjusted - days of collection vs. determination coefficients, and were established for statistical comparisons of the measured activity of 51Cr readings in sampled blood and tissues (logarithmic transformation) for samples of the control and experimental fish. No differences (P>0.05) were detected between samples from BC fish and BE, RT, VF, MT and LT of treated fish, but samples of GT, I, S, CTDE and WA from the tanks holding fish which received the experimental diet differed from control (P<0.05). The experimental results indicate that the trivalent chromium in the form of 51Cr2O3 was not significantly absorbed by the gastrointestinal tract, gills or another possible route of absorption under these experimental conditions and with Nile tilapia. Therefore, this marker was shown to be inert and can be safely used in nutrition studies(AU)
O objetivo deste estudo foi avaliar a taxa de absorção de radiomarcador óxido de crômio (51Cr2O3), utilizado como marcador biológico em estudos de nutrição, com tilápia-do-nilo Oreochromis niloticus. Uma dieta experimental com cerca de 58µCi de atividade específica do elemento foi encapsulada, e 35 adultos de tilápia foram alimentados diariamente; um grupo de 35 peixes foi usado como controle e alimentado com uma dieta basal. No início do estudo, cinco peixes de cada grupo foram selecionados aleatoriamente, e amostras de sangue foram coletadas dos peixes controle (BC) e experimentais (BE). Os peixes foram sacrificados por overdose de anestésicos, e amostras do tecido do fígado (LT), rins (RT), estômago sem conteúdo (S), intestino sem conteúdo (I), brânquias (GT), tecido muscular (filé; MT), gordura visceral (VF), conteúdo do trato digestivo (CTDE) e água do aquário (WA) foram coletadas somente dos peixes experimentais. O processo foi repetido diariamente durante uma semana. As regressões lineares simples foram ajustadas - dias de coleta versus coeficientes de determinação - e foram estabelecidas para comparações estatísticas da leitura das atividades medidas de 51Cr (transformação logarítmica) nas amostras dos peixes controle e experimentais. Não foram detectadas diferenças (P>0,05) entre as amostras BC dos peixes controle e BE, RT, VF , MT e LT dos peixes experimentais, mas as amostras de GT, I, S, CTDE e WA dos peixes que receberam a dieta experimental apresentaram diferença significativa em relação aos que receberam a dieta controle (P<0,05). Os resultados experimentais indicam que o crômio trivalente na forma de 51Cr2O3 não foi significativamente absorvido pelo trato gastrointestinal, pelas brânquias ou por outra via possível de absorção nessas condições experimentais e com tilápia do Nilo. Portanto, esse marcador demonstrou ser suficientemente inerte, o que torna seguro seu uso em estudos de nutrição(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1