Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The interleukin-10 and your role in canine mammary carcinomas / A interleucina-10 e seu papel nos carcinomas mamários caninos

Garrido, E; Castanheira, T. L. L; Rosolem, M. C; Matsui, A; Vasconcelos, R. O.
Ars Vet.; 31(1): 37-41, 2015. ilus, tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-304358

Resumo

The Interleukin-10 may related to tumor evasion mechanisms by promoting tumor progression. The objective of this study was to determine the relationship between IL-10 secretion, histologic tumor type and the intensity of the inflammatory reaction in the tumor site, comparing immunostaining of IL-10, by immunohistochemistry, between groups of carcinoma breast samples and breast tissue in healthy bitches. The present study found a significant increase in the number of immunostained cells in the carcioma group and an association between the intensity of inflammation and IL-10 secretion. With this study, we can concluded that the increase in IL-10, affected by mammary carcinoma secretion, can create a microenvironment advantageous to tumor progression, possibly due to the suppression of proinflammatory cytokines and the proliferation of subtype of lymphocyte with immunosuppressive effect, like regulatory T lymphocytes(AU)
A interleucina-10 (IL-10) pode estar relacionada aos mecanismos de evasão tumoral, promovendo a progressão do tumor. O objetivo deste trabalho foi determinar a relação entre a secreção de IL-10, o tipo histológico tumoral e a intensidade da reação inflamatória no sítio tumoral, comparando a imunomarcação de IL-10, por imuno-histoquímica, entre os grupos de amostras de carcinomas mamários e de tecido mamário hígido em cadelas. No presente estudo foi verificado um aumento significativo no número de células imunomarcadas no grupo carcinoma e, também, uma associação entre a intensidade da inflamação, a secreção de IL-10. Com este estudo pode-se concluir que o aumento na secreção de IL-10 influenciado pelo carcinoma mamário pode criar um microambiente favorável para a progressão do tumor, possivelmente pela supressão de citocinas pró-inflamatórias e pela proliferação de subtipos de linfócitos com efeito imunossupressor, como os linfócitos T regulatórios(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1