Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Hematological, clinical and epidemiological aspects of Hepatozoon canis infection by parasitological detection in dogs from the rural area of Sousa, Paraíba, Brazil / Aspectos hematológicos, clínicos e epidemiológicos da infecção por Hepatozoon canis por detecção parasitológica em cães da zona rural de Sousa, Paraíba, Brasil

Oliveira, Leonardo Vinícius Silva de; Oliveira, Radabley Rith Almeida de; Alcântara, Émerson Timóteo de; Álvares, Felipe Boniedj Ventura; Feitosa, Thais Ferreira; Brasil, Arthur Willian de Lima; Vilela, Vinícius Longo Ribeiro.
Ci. Rural; 51(3)2021. ilus, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31128

Resumo

Hepatozoonosis is caused by protozoa of the genus Hepatozoon. In dogs, the infection is caused mainly by Hepatozoon canis, and there are a few descriptions of the prevalence of this infection in the Northeast region of Brazil, especially in the semi-arid region. Therefore, we aimed to determine the prevalence of Hepatozoon canis infection in dogs in the rural area of Sousa, Paraíba, Brazil, as well as to determine the possible clinical and epidemiological aspects of this infection. Ninety-eight dogs in the rural zone of the municipality of Sousa that were at least 4 months old were evaluated, regardless of their breed or gender. Clinical examinations were carried out, and samples of systemic and peripheral blood were collected to determine the presence of the parasite in blood smears and carry out hemograms. In addition, epidemiological questionnaires about animal health and food management were completed. The prevalence of H. canis infections in dogs was 8.1% (8/98). There were three main changes in the hematological status: thrombocytopenia, anemia and hyperproteinemia, mainly related to percentage of leukocyte infection 5%, and also to the presence of clinical signs such as mucopurulent secretion, lymphadenomegaly, dry skin, pale mucous membranes, and lean or cachectic body score.(AU)
A hepatozoonose é causada por protozoários do gênero Hepatozoon. Em cães, a infecção ocorre principalmente por Hepatozoon canis, sendo escassas as descrições de prevalências desta infecção na região Nordeste do Brasil, sobretudo no Semiárido. Com isso, o trabalho objetivou determinar a prevalência da infecção por Hepatozoon canis em cães da zona rural do município de Sousa, Paraíba, Brasil, como também determinar possíveis sinais clínicos e aspectos epidemiológicos relacionados à esta infecção. Foram avaliados 98 cães da zona rural do município de Sousa, independentemente da raça ou sexo, com idade superior a quatro meses. Foram realizados exames clínicos e colhidas amostras de sangue sistêmico e periférico para a pesquisa do parasito em esfregaços sanguíneos e hemogramas. Além disso, foram preenchidos questionários epidemiológicos acerca do manejo sanitário e alimentar dos animais. A prevalência de cães positivos para H. canis foi de 8,1% (8/98). Foram observados três principais alterações no quadro hematológico, sendo trombocitopenia, anemia e hiperproteinemia, principalmente relacionadas ao percentual de leucócitos infectados 5%, e também à presença de sinais clínicos, como secreção mucopurulenta, linfadenomegalia, pelos ressecados, mucosas hipocoradas e escore corporal magro ou caquético.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1