Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

-ecdysone content and antioxidant capacity in different organs of Brazilian ginseng / Teor de -ecdisona e capacidade antioxidante em diferentes órgãos de ginseng brasileiro

Souza, Lucas Dutra Zani da Silva; Fonseca, Stéphane Raquel Almeida Velande da; Ferrari, Ariana; Felipe, Daniele Fernanda.
Ci. Rural; 51(5)2021. graf, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31310

Resumo

Plants that contain antioxidant compounds have attracted increasing interest for their vital role in the attenuation of oxidative damage caused by free radicals and in the treatment of various diseases. The present study investigated the -ecdysone content and the antioxidant activity of Brazilian ginseng (Pfaffia glomerata) extracts obtained from inflorescences, stems, and roots. The P. glomerata extracts were tested for antioxidant activity using the 2,2-diphenyl-1-picrylhydrazyl (DPPH) radical scavenging method, -carotene bleaching test, and phosphomolybdenum method. The -ecdysone content of P. glomerata extracts was measured by high-performance liquid chromatography (HPLC). The P. glomerata inflorescences showed the strongest DPPH radical scavenging activity and the strongest antioxidant activity in the -carotene bleaching assay and phosphomolybdenum test. The roots showed the lowest antioxidant capacity in all of the assays. The concentration of -ecdysone in the plant organs followed the following decreasing order: inflorescences > stems > roots. The present study showed that P. glomerata inflorescence extract had high antioxidant capacity that could be attributed to the presence of β-ecdysone.(AU)
RESUMO: Plantas que contêm compostos antioxidantes têm atraído interesse crescente por seu papel fundamental na atenuação de danos oxidativos causados pelos radicais livres e no tratamento de várias doenças. O presente estudo investigou o conteúdo de β-ecdysone e a atividade antioxidante de extratos de ginseng brasileiro (Pfaffia glomerata) obtidos a partir das inflorescências, caules e raízes. Os extratos de Pfaffia glomerata foram testados para atividade antioxidante usando o método sequestrante do radical 2,2-difenil-1-picrilhidrazil (DPPH), sistema modelo -caroteno-linoleato e método de fosfomolibdênio. O conteúdo de β-ecdysona dos extratos de P. glomerata foi medido por cromatografia líquida de alta eficência (CLAE). As inflorescências de P. glomerata mostraram a maior atividade sequestrante de radical DPPH e a maior atividade antioxidante no ensaio -caroteno-linoleato e no teste de fosfomolibdênio. As raízes mostraram a menor capacidade antioxidante em todos os ensaios. A concentração de β-ecdysona nos órgãos da planta seguiu a seguinte ordem decrescente: inflorescências > caules > raízes. Os resultados indicaram uma correlação positiva entre conteúdo de -ecdisona e atividade sequestrante de radical DPPH. O presente estudo mostrou que o extrato das inflorescências de P. glomerata teve alta atividade antioxidante que poderia ser atribuída à presença de β-ecdysona.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1