Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Cross-sectional survey for Toxoplasma gondii infection in humans in Fernando de Noronha island, Brazil / Estudo transversal da infecção por Toxoplasma gondii em humanos da Ilha de Fernando de Noronha, Brasil

Carvalho, Maria da Conceição; Ribeiro-Andrade, Müller; Melo, Renata Pimentel Bandeira de; Guedes, Dandara Matias; Pinheiro Junior, José Wilton; Cavalcanti, Erika Fernanda Torres Samico Fernandes; Magalhães, Fernando Jorge Rodrigues; Mota, Rinaldo Aparecido.
R. bras. Parasitol. Vet.; 30(3): e005121, 2021. mapas, tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31316

Resumo

Toxoplasmosis, caused by the protozoan Toxoplasma gondii, is zoonotic disease and is one of the most important foodborne parasitic diseases globally. The prevalence in humans is highly variable, being influenced by cultural habits, socioeconomic, and environmental conditions. The objective of this study was to estimate the prevalence of T. gondii infection in humans on the archipelago of Fernando de Noronha, Pernambuco State, Brazil, and to identify the risk factors associated with this infection. The seroprevalence of immunoglobulin G anti-T. gondii antibodies was 50.4% (172/341, 95% CI: 45.2%–55.7%). Factors associated with the infection were consumption of well water or rainwater (odds ratio [OR]: 2.43, p=0.020) and consumption of game meat (OR: 1.80, p=0.026). This is the first study to provide epidemiological information of T. gondii infection among the residents of the Island of Fernando de Noronha, revealing a considerable antibody seroprevalence in this population. This study provides information for the adoption of prevention and control measures in island environments.(AU)
A toxoplasmose, causada pelo protozoário Toxoplasma gondii, é uma zoonose e uma das doenças parasitárias transmitidas por alimentos mais importantes em todo o mundo. A prevalência em humanos é altamente variável, sendo influenciada por hábitos culturais, condições socioeconômicas e ambientais. O objetivo deste estudo foi estimar a prevalência de infecção por T. gondii em humanos, no arquipélago de Fernando de Noronha, Pernambuco, Brasil, e identificar os fatores de risco associados a essa infecção nesse contexto insular. A soroprevalência de anticorpos IgG anti-T. gondii nos ilhéus foi de 50,4% (172/341, 95% CI: 45,2%–55,7%). Os fatores associados à infecção encontrados foram o consumo de água do poço ou de água da chuva (Odds ratio [OR]: 2,43, p=0,020) e consumo de carne de caça (OR: 1,80, p=0,026). Este é o primeiro estudo a fornecer informações epidemiológicas da infecção por T. gondii entre os moradores da Ilha de Fernando de Noronha, revelando uma considerável soroprevalência de anticorpos nessa população. Este estudo fornece informações para subsidiar a adoção de medidas de prevenção e controle em ambientes insulares.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1