Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Case report: the use of the AWIN welfare assessment protocol to monitor a group of abandoned donkeys / Estudo de caso: o uso do protocolo AWIN de avaliação de bem-estar para monitorar um grupo de jumentos abandonados

Farias, Sharacely de Souza; Gameiro, Mariana Bombo Perozzi; Montechese, Ana Carolina Dierings; Bernardino, Thiago; Oliveira, Chiara Albano de Araujo; Zanella, Adroaldo José.
Braz. j. vet. res. anim. sci; 58: e174701, 2021. ilus, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-31370

Resumo

The objective of this study was to reach a diagnosis of the living conditions of abandoned donkeys kept in a restricted farm area through the assessment of their welfare level utilizing the AWIN protocol as a methodological tool. These animals were supposed to be sent to slaughter, but after the activity was temporarily banned, they were abandoned by traders. The protocol of welfare assessment was associated with general environmental and sanitary conditions. Information regarding the mortality rates was also gathered. According to the welfare assessment results, the living conditions of these animals were acceptable in some areas, despite the insufficient shade and shelter, a 3-month food restriction period, and a mortality rate of over 70%. These results demonstrate that welfare assessment protocols must be adapted to crises and databases for welfare indicators in diverse conditions must be created.(AU)
O objetivo deste estudo foi formular um diagnóstico das condições de vida de jumentos abandonados mantidos em uma área restrita de uma propriedade através da avaliação de seu nível de bem-estar, utilizando o protocolo AWIN como ferramenta metodológica. Estes animais seriam destinados ao abate, porém, depois da suspensão temporária da atividade, foram abandonados pelos proprietários. O protocolo de avaliação de bem-estar foi associado às condições ambientais e sanitárias gerais. Informações sobre os índices de mortalidade também foram coletadas. De acordo com os resultados da avaliação de bem-estar, as condições de vida destes animais estavam aceitáveis em algumas áreas, embora não houvesse sombreamento e abrigo suficientes, um período de restrição alimentar de 3 meses e um índice de mortalidade acima de 70%. Estes resultados demonstram que protocolos de avaliação de bem-estar devem ser adaptados a situações de crise, e bancos de dados para indicadores de bem-estar em condições diversas devem ser criados.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1