Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Componentes moleculares envolvidos na criopreservação do sêmen suíno / Molecular components involved in cryopreservation of swine semen

Toniolli, Ricardo; Guimarães, Daianny Barboza; Araújo, Lina Raquel Santos.
Ci. Anim.; 31(01): 92-106, 2021.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-31941

Resumo

A criopreservação induz mudanças estruturais e funcionais nos espermatozoides, que podem variar entre animais da mesma espécie, mesmo quando o sêmen deles é submetido ao mesmo protocolo de criopreservação. Essa característica leva alguns estudos a questionarem quanto à composição protéica do sêmen e sua influência na proteção espermática, em relação ao choque térmico. O plasma seminal de suínos apresenta predominância de espermadesinas, que são proteínas de baixo peso molecular e apresentam função de proteção da membrana plasmática. A criopreservação é o método mais eficiente para a conservação de espermatozoides a longo prazo. No entanto, o uso do sêmen congelado na espécie suína ainda está associado a baixos índices produtivos, pois o processo de criopreservação ocasiona diversos danos ao espermatozoide. Estudos têm sido realizados com a finalidade de identificar as causas específicas desses danos, a fim de promover uma melhor proteção ao espermatozoide criopreservado. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo abordar os principais componentes moleculares do sêmen, que estão envolvidos no processo de criopreservação.(AU)
Cryopreservation induces structural and functional changes in the spermatozoa, which may vary between animals of the same species, even when their semen is subjected to the same cryopreservation protocol. This feature leads some studies to question the semen protein composition and its influence on sperm protection in relation to the thermal shock. S wine seminal plasma presents predominance of spermadesins, which are low molecular weight proteins and present a protective function of the plasmatic membrane. Cryopreservation is the most efficient method for long-term sperm conservation. However, the use of frozen semen in swine species is still associated with low productive indexes because the cryopreservation process causes several damages to the spermatozoid. Studies have been carried out with the purpose of identifying specific causes of this damage in order to promote a better protection of the cryopreserved spermatozoa. In this way, the present work aimed to address the main molecular components of semen that are involved in the cryopreservation process.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1