Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The Upper Juruá Extractive Reserve in the Brazilian Amazon: past and present / A Reserva Extrativista do Alto Juruá na Amazônia Brasileira: passado e presente

Ferreira, R. P; Lopes, P. F. M; Campos-Silva, J. V; Silvano, R. A. M; Begossi, A.
Braz. J. Biol.; 82: 1-13, 2022. mapas, tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-32089

Resumo

Amazonian livelihoods are largely dependent on rivers, with local protein consumption mainly relying on several species of fish. The UJER (Upper Juruá Extractive Reserve - Reserva Extrativista do Alto Juruá) is located in the state of Acre, bordering Peru and several indigenous areas. Here we summarize the data we collected in 1993/1994 on the population living along the banks of the Juruá, Tejo, Bagé, Igarapé São João and Breu rivers on crop cultivation, animal husbandry, and use of game and fish resources. We interviewed 133 individuals (94 on the Juruá and Tejo, 16 on Bagé, 16 on Igarapé São João and 7 on Breu rivers). Our results include a comprehensive description on local livelihoods, including the most important fish species for local subsistence considering gender and seasonality, the main husbandry and game species, and the items cultivated on the local agriculture. Whenever more recent information was available in the literature, we compared changes in livelihoods over time in the same region and also with the recent patterns observed in the Lower and in the Middle Juruá River. We hope to provide useful information to understand temporal changes in local livelihoods, which can help adapt and shape the ecological management in the region.(AU)
Comunidades da Amazônia são amplamente dependentes dos rios, com o consumo local de alimentos baseado em várias espécies de peixes. A UJER (Reserva Extrativista do Alto Juruá - Reserva Extrativista do Alto Juruá) está localizada no estado do Acre, na fronteira com o Peru e com várias áreas indígenas. Aqui resumimos os dados que coletamos em 1993/1994 da população que vive às margens dos rios Juruá, Tejo, Bagé, Igarapé São João e Breu sobre cultivo, criação de animais e uso de recursos de caça e peixes. Foram entrevistados 133 indivíduos (94 nos rios Juruá e Tejo, 16 em Bagé, 16 em Igarapé São João e 7 no rio Breu). Nossos resultados incluem uma descrição abrangente dos meios de subsistência locais, incluindo as espécies de peixes mais importantes para a subsistência local, considerando gênero e sazonalidade, bem como as principais espécies de criação, de caça e os itens cultivados na agricultura local., Quando foi possível obter informações da literatura, comparamos as mudanças nos meios de subsistência ao longo do tempo na mesma região e também com os padrões recentes observados no Baixo e no Médio Rio Juruá. Esperamos fornecer informações úteis para o entendimento das mudanças temporais nos meios de subsistência locais, o que pode ser útil ao manejo ecológico da região.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1