Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Nutritional quality and acceptability of the guava peel and seed-added cereal bars / Qualidade nutricional e aceitabilidade de barras de cereais formuladas com casca e semente de goiaba

Roberto, Bruna Sampaio; Silva, Leila Picolli da; Macagnan, Fernanda Teixeira; Bizzani, Marília; Bender, Ana Betine Beutinger.
R. Inst. Adolfo Lutz; 74(1): 39-48, 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-324195

Resumo

This study evaluated the use of guava waste (peel and seed) in the cereal bars formulation and getting acceptable nutritional quality, good fiber source and sensory acceptability. Four cereal bars were formulated with increasing proportions of guava waste instead of oats, rice flakes and sesame, being B15 % - 15 % of waste into the dry ingredients, B30 % - 30 % of waste into the dry ingredients, B50 % - 50 % of waste into the dry ingredients and the Standard - without waste. The formulations were analyzed for moisture, ash, protein, lipids, total carbohydrates and dietary fiber contents. Additionally, tests of acceptance and preference ordering were performed. The cereal bars had in average 10.93 % moisture, 60.55 % carbohydrate, 9.62 % lipid, 8.41 % protein and 1.38 % ash. The addition of waste in cereal bars increased the fiber contents and they showed satisfactory acceptability in all of the sensory attributes. No significant influence of the proportions of waste was observed, except on the texture; and B50 % formulation showed the lowest mean. There was no preference for specific formulations. Guava waste addition into cereal bars provides products with nutritional quality, increased dietary fiber and sensory acceptability, contributing to highly regard to the fruit parts and components wasted by agro-industries(AU)
Este trabalho avaliou a utilização de resíduo de goiaba (casca e semente) na formulação de barras de cereais com qualidade nutricional, fonte de fibras e boa aceitabilidade sensorial. Foram formuladas quatro barras de cereais contendo proporções crescentes de resíduos de goiaba em substituição à aveia, flocos de arroz e gergelim (B15 % - 15 % de resíduos nos ingredientes secos, B30 % - 30 % de resíduos nos ingredientes secos, B50 % - 50 % de resíduos nos ingredientes secos e o Padrão sem resíduos). As formulações foram analisadas quanto aos teores de umidade, cinzas, proteínas, lipídeos, carboidratos totais e fibra alimentar. Foi realizada a Análise Sensorial por meio de testes de aceitação e de ordenação pela preferência. As formulações apresentaram em média 10,93 % de umidade, 60,55 % de carboidratos, 9,62 % de lipídeos, 8,41 % de proteínas e 1,38 % de cinzas. A adição de resíduos às barras de cereais aumentou o teor de fibras e apresentou aceitabilidade satisfatória em todos os atributos sensoriais sem influência significativa (p 0,05) da proporção de resíduos, exceto na textura; B50 % demonstrou as menores médias. Não houve preferência por formulações específicas. A adição de resíduos proporcionou produto com qualidade nutricional, incremento de fibras alimentares e aceitabilidade sensorial, que contribuem para valorização de partes do fruto desperdiçadas pelas agroindústrias(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1