Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diagnóstico do complexo teníase-cisticercose bovina em São João Evangelista, Minas Gerais, Brasil / Diagnosis of Bovine Taeniasis-Cysticercosis Complex in São João Evangelista, Minas Gerais, Brazil

Garro, F L; Santos, T M; Assis, D C S; Heneine, L G D; Ornellas, C B D; Pinto, P S A; Santos, W L M.
Arq. bras. med. vet. zootec; 67(4): 1063-1069, jul.-ago. 2015.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-324234

Resumo

Com o objetivo de diagnosticar a situação do complexo teníase-cisticercose bovina em Minas Gerais, Brasil, foi selecionado o município de São João Evangelista, onde foram coletadas amostras de sangue de 339 bovinos em 15 propriedades rurais, sorteadas aleatoriamente. Em cada propriedade, foi aplicado um questionário socioeconômico para a análise de fatores que favorecem a manutenção do complexo teníase-cisticercose bovina. Foi realizado também o diagnóstico de teníase humana por meio de exame coproparasitológico dos habitantes das propriedades. Encontrou-se a prevalência de 4,1% para cisticercose bovina e a frequência de 2,94% para teníase humana. Entre os fatores de risco para a manutenção do complexo teníase-cisticercose analisados, foi observada uma relação estatisticamente significativa (P=0,042) entre a ocorrência de cisticercose bovina e a ingestão de carne malpassada pelos entrevistados. Concluiu-se que a cisticercose bovina está presente no município de São João Evangelista, MG, em índices considerados endêmicos, sendo o consumo de carne malpassada e não inspecionada o principal fator de risco para a manutenção do complexo teníase-cisticercose, o que reforça a necessidade da adoção de medidas de controle com contínua vigilância epidemiológica e sanitária.(AU)
In order to diagnose the situation of bovine taeniasis-cysticercosis complex in the state of Minas Gerais, Brazil, the city of São João Evangelista was selected, and blood samples were collected from 339 cattle in 15 randomly selected farms. A socioeconomic questionnaire was filled in each property for the analysis of the factors that favor the maintenance of the taeniasis-cysticercosis complex. Additionally, there was the diagnosis of human taeniasis verified by stool examinations of the properties' inhabitants. A prevalence of 4.1% for bovine cysticercosis and the frequency of 2.94% for human taeniasis were found. Among the risk factors, a statistically significant relation (p = 0.042) was found between the occurrence of bovine cysticercosis and the ingestion of undercooked meat. It was concluded that bovine cysticercosis is broadly distributed in the city of São João Evangelista, with rates considered endemic, being the consumption of raw and not-inspected meat the main risk factors for the maintenance of complex taeniasis-cysticercosis, reinforcing the need to adopt control measures with continuous epidemiological and health surveillance.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1