Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

SARNA KNEMIDOCÓPTICA (Knemidokoptes spp.) EM PERIQUITOS AUSTRALIANOS (Melopsittacus undulatus): RELATO DE CASO

LUCATTO, R. V.; SOUZA, L. M..
Ars vet; 37(4): 279-284, 2021.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-32477

Resumo

Sarna knemidocóptica apresenta relevante importância na clínica e criação de aves. São caracterizadas como ectoparasitos penetrantes, escavadores de túneis dérmicos de hospedeiros susceptíveis, causando-lhes lesões cutâneas graves e parasitando extensa gama de espécies, principalmente aquelas criadas em cativeiro. Periquitos australianos (Melopsittacus undulatus) são uma das aves psitacídeas mais comumente mantidas como animais de companhia e, destacando-se entre outras ectoparasitoses, como: ácaros das penas, dos ninhos e larvas de moscas, está o gênero Knemidokoptes spp., responsável pela sarna dos periquitos. Neste relato, foram observados sete M. undulatus da variedade inglesa, adultos sendo quatro fêmeas e 3 machos obtidos na cidade de Porto Ferreira, São Paulo. As aves apresentavam-se irritadas, coçando-se, com mutilações variadas. Pode-se observar níveis distintos de patologia nos exemplares e lesões foram observadas em toda a extensão da pele: do crânio, cera (nariz), bico, derme das asas, cauda e membros inferiores (patas), levado a ausência de penas, formação de placas elevadas de superfície irregular, porosa de coloração brancacenta e aspecto crostoso poroso. Os bordos das lesões apresentavam-se avermelhadas, onde as aves bicavam para coçar até se mutilarem. Foi coletado material córneo das áreas lesionadas e em 100%, observou-se ao microscópio óptico (40x), instares
Biblioteca responsável: BR68.1