Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

ANTICORPOS ANTI- LEPTOSPIRA spp EM CÃES DOMICILIADOS NA MICRORREGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO / ANTIBODIES TO ANTI- Leptospira spp. IN DOMESTIC DOGS IN THE MICROREGION OF RIBEIRÃO PRETO

TAVARES, D. C.; SANTOS, R. F.; SILVA, G. C. P.; MAXIMO, A. C. N. F.; SOUZA, F. F.; TONIOLLO, G. H..
Ars vet; 29(4)2013.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-33060

Resumo

A leptospirose é uma antropozoonose transmitida pela urina de roedores (ratos) infectados pela bactéria Leptospira interrogans. Sinais clínicos variados levam a confusão com outros tipos de alterações. Acreditava-se que a leptospirose atingia animais na zona rural, devido ao convívio com suínos, fonte de infecção. Atualmente, a zona urbana é a região mais acometida, sendo os cães domiciliados a espécie mais atingida devido aos hábitos de roer objetos duros e lamber órgãos genitais, eventualmente ingerindo urina. Roedores invadem residências pelos esgotos e terrenos baldios buscando alimentos e contaminando o local. Logo, objetivou-se verificar a ocorrência da doença em cães domiciliados e observar a distribuição espacial na microrregião de Ribeirão Preto. Para isso, as informações analisadas foram obtidas do banco de dados do laboratório de Diagnóstico de Leptospirose e Brucelose do Departamento de Medicina Preventiva e Reprodução Animal da FCAV/UNESP, Campus de Jaboticabal-SP, referentes a animais atendidos no Hospital Veterinário no
Biblioteca responsável: BR68.1