Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Energetic status of crossbreed dairy cows during transition period in two different seasons / Perfil energético de vacas leiteiras mestiças no período de transição em duas estações do ano

Moreira, T. F.; Facury Filho, E. J.; Meneses, R. M.; Mendonça, F. L. M.; Lima, J. A. M.; Carvalho, A. U..
Arq. bras. med. vet. zootec; 67(5): 1327-1334, 2015. tab, graf
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-334039

Resumo

We used 31 crossbreed dairy cows to compare the energetic profile in summer and winter. Blood samples were taken weekly prepartum, at calving and on days 2, 5, 10, 15, 21 and 30 postpartum. All metabolic indicators analyzed were influenced by the physiological status. The glucose concentrations were higher during winter while the triglyceride concentrations and lactate dehydrogenase (LDH) were higher in the summer. The season influenced the concentrations of cholesterol, AST and GGT, showing a different pattern between summer and winter. Non-esterified fatty acids (NEFA) and beta-hidroxibutirate (BHB) were not influenced by the season. Cows that calved during winter had a greater body condition score (BCS) and lost more BCS until calving. During summer, 32.26% of the animals and 29.03% during winter had NEFA concentrations above the optimum level and 22.58% of the animals in summer and 19.35% in the winter had subclinical ketosis at some point during the transition period, making then more susceptible to diseases.(AU)
Foram utilizadas 31 vacas leiteiras mestiças para comparar o perfil energético em duas estações, verão e inverno. Amostras de sangue foram colhidas semanalmente durante o pré-parto, no dia do parto e nos dias dois, cinco, 10, 15, 21 e 30 do pós-parto. Todos os metabólitos analisados foram influenciados pelo estádio fisiológico. As concentrações de glicose foram maiores no inverno, enquanto as concentrações de triglicérides e lactato desidrogenase (LDH) foram maiores no verão. As concentrações de colesterol, AST e GGT mostraram um padrão de comportamento diferente entre o verão e o inverno. Ácidos graxos não esterificados (NEFA) e beta-hidroxibutirato (BHB) não foram influenciados pela estação do ano. As vacas que pariram durante o inverno tinham um escore de condição corporal (ECC) maior e perderam mais ECC até o parto. No verão, 32,26% e, no inverno, 29,03% dos animais apresentaram concentrações de NEFA acima do recomendado no pré-parto; 22,58% dos animais no verão e 19,35% no inverno tiveram cetose subclínica em algum momento do período de transição, tornando-os mais suscetíveis a outras doenças.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1