Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Níveis séricos e hepáticos de cobre, zinco, ferro e molibdênio em ovinos e caprinos criados no semiárido da Bahia / Serum and hepatic levels of copper, zinc, iron and molybdenum in sheep and goats raised in the semiarid of Bahia state

Silva, W. R.; Gomes, I. M. M.; Rocha Filho, J. F.; Mori, C. S.; Michima, L. E. S.; Ortolani, E. L.; Antonelli, A. C..
Arq. bras. med. vet. zootec; 68(1): 155-163, jan.-fev. 2016. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-334144

Resumo

Objetivou-se conhecer os teores de cobre, zinco, ferro e molibdênio em soro e fígado de pequenos ruminantes criados nos municípios de Casa Nova e Juazeiro, estado da Bahia, e verificar se há carência primária ou secundária de cobre. Foi avaliado um total de 160 amostras de ovinos e caprinos de ambos os sexos, coletados nos períodos seco e chuvoso. O valor de cobre sérico para caprinos foi de 13,8±0,3±mol/L e para ovinos foi de 12,2±0,4±mol/L, enquanto os teores hepáticos médios foram de 220ppm para caprinos e 238ppm para ovinos. O valor de zinco sérico para caprinos foi de 28,3±1,0±mol/L e para ovinos foi de 28,7±0,8±mol/L, enquanto os teores hepáticos médios foram de 99ppm para caprinos e 92ppm para ovinos. O valor de ferro sérico para caprinos foi de 61±3±mol/L e para ovinos foi de 64±2±mol/L, enquanto os teores hepáticos foram de 172ppm para caprinos e 221ppm para ovinos. Os valores médios de cobre não indicam ocorrência de carência deste elemento nos pequenos ruminantes criados nos municípios estudados. Os teores de zinco encontravam-se dentro dos intervalos de normalidade, não sendo verificada a necessidade de suplementação extra deste mineral. Os teores de ferro sérico apresentavam-se bem elevados, contudo sem que houvesse interferência suficiente no metabolismo do cobre de forma a resultar em uma deficiência cúprica.(AU)
The aim of this research was to know the copper, zinc, iron and molybdenum content in serum and liver of small ruminants raised in the cities of Casa Nova and Juazeiro, state of Bahia, and verify the occurrence of primary or secondary copper deficiency. A total of 160 samples of sheep and goats of both sexes collected in the dry and rainy season were evaluated. The values for serum copper in goats was 13.8±0.3±mol/L and in sheep it was 12.2±0.4 ±mol/L, while the mean liver concentration was 220 ppm for goats and 238 ppm for sheep. The serum zinc value for goats was 28.3±1.0±mol/L and for sheep it was 28.7±0.8±mol/L, while the mean liver concentration was 99 ppm for goats and 92 ppm for sheep. Serum iron value for goats was 61±3±mol/L and for sheep it was 64±2±mol/L, while liver levels were 172 ppm for goats and 221 ppm for sheep. Copper mean values do not indicate the occurrence of copper deficiency in small ruminants raised in the cities studied. Zinc levels were within the normal values and do not require extra supplementation of this mineral. The serum iron levels were elevated, however it did not interfere in copper metabolism in order to result in a cupric deficiency.(AU)
Biblioteca responsável: BR1.1
Localização: BR68.1