Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

The sanitary profile and the physico-chemical characteristics of lamb meat sold in natura / Perfil sanitário e características físico-químicas da carne ovina comercializada in natura

Campêlo, Maria Carla da Silva; Medeiros, Jovilma Maria Soares de; Pinto, Márcia Marcila Fernandes; Assis, Ana Paula Pinheiro de; Silva, Jean Berg Alves da; Lima, Patrícia de Oliveira.
R. Inst. Adolfo Lutz; 74(3): 207-215, 2015. tab, graf
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-338116

Resumo

This study evaluated the sanitary and the physicochemical qualities of lamb meat sold in supermarkets and public markets in the semiarid Rio Grande do Norte. Ten samples of lamb meat were obtained in the local supermarkets and ten specimens in the public market food-stalls. These sale points were evaluated by using a checklist concerning the hygiene and sanitary conditions of environment, equipment and handlers. The collected samples were analyzed for detecting coliforms at 35 C and 45 C, enterobacteria, Staphylococcus and Salmonella spp., and the physicochemical parameters (pH, color, weight loss by cooking, water retention capacity and shear strength) were assessed. The food-stalls of public market showed 93.34 % of non-compliance to the checklist items. Concerning the microbiological aspects, 5 % of the samples were unsuitable for consumption, being contaminated with Salmonella spp. The results found in the physicochemical analyzes complied with the standards established for lamb meat. No significant difference among the samples of the both groups was found, except for the a* color parameter in specimens from the public market food-stalls, which showed a higher red color contents. Despite evidencing satisfactory physicochemical characteristics, these products are sold under poor sanitary conditions, which might pose a risk to the consumer.(AU)
Este estudo avaliou as características físico-químicas e a qualidade sanitária da carne ovina comercializada em supermercados e mercados públicos no semiárido potiguar. Foram adquiridas amostras de carne ovina em supermercados locais e em boxes de mercados públicos da região citada. Nos pontos de comercialização, foi aplicado um checklist referente às condições higiênico-sanitárias do ambiente, equipamentos e manipuladores. As amostras foram avaliadas quanto à presença de coliformes a 35 ºC e a 45 ºC, enterobactérias, Staphylococcus spp.e Salmonella sp., além dos parâmetros físico-químicos de pH, cor, perda de peso por cocção, capacidade de retenção de água e força de cisalhamento. Os mercados públicos analisados apresentaram 93,34 % de não conformidade na aplicação do checklist. Quanto aos aspectos microbiológicos, 5 % das amostras apresentaram-se impróprias para o consumo, com contaminação por Salmonella sp. Os resultados encontrados nas análises físico-químicas estavam dentro dos padrões estabelecidos para carne ovina. Não houve diferença significativa entre os espécimes dos dois grupos avaliados, exceto para o parâmetro a* da análise de cor nas amostras de mercado público que apresentaram maior teor de vermelho em relação às amostras de supermercados. Portanto, apesar de apresentarem características físico-químicas satisfatórias, esses produtos são vendidos em condições higiênico-sanitárias precárias, que podemrepresentar risco ao consumidor.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1