Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Tilapicultura semi-intensiva em tanques: alternativas de fertilização e produção - revisão / Semi-intensive tilapia culture in reservoirs: alternatives for the fertilization and production - review / Tilapicultura semintensiva en estanques: alternativas de fertilización y producción - revisión

Lopera Barrero, N. M; Ribeiro, R. P; Povh, J. A; Vargas, L; Streit Júnior, D. P.
Arq. ciênc. vet. zool. UNIPAR; 9(1): 67-76, jan.-jun.2006.
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-3386

Resumo

A produção de tilápia tem tido um crescimento acelerado no Brasil e em todo o mundo, principalmente com produções semi-intensivas e intensivas por ser um produto potencialmente disponível para o consumidor, por sua facilidade de cultivo, manejo, alta adaptabilidade, fácil reprodução e alta produtividade. A contínua expansão e melhoramento da eficiência na tilapicultura requer paralelamente atualização e desenvolvimento de novos conhecimentos e tecnologias que garantem o sustento do produtor aproveitando recursos normalmente perdidos ou inutilizados de uma forma econômica e ecológica, que ofereçam uma alternativa de alimentação e que evitem a contínua contaminação ambiental. O consórcio entre a tilápia, animais domésticos e plantas utilizando resíduos orgânicos como fonte de fertilização e alimentação é uma alternativa viável, ecológica e econômica que fornece ao produtor uma fonte barata de nitrogênio, fósforo e potássio encaminhados à produção primária do tanque e ao mesmo tempo uma fonte de alimentação de boa qualidade nutritiva que pode substituir a utilização de rações comerciais. Tilapicultura, utilizando água residual e água salgada, são métodos de produção que também tem um grande potencial e que podem ser utilizados pelos produtores no melhoramento e produtividade do cultivo.(AU)
The production of tilapia and its consumption have been promptly increasing in Brazil and worldwide, mainly with semi-intensive and intensive productions since it is a product potentially available for the consumer and due to its facility of cultivation, management, high adaptability, easy reproduction and great productivity. The continuous expansion and improvement of the tilapia culture efficiency also demand an updating and a development of new knowledge and technologies which ensure the support of the producer by economic and ecological forms using resources that are generally missed or useless, offering, thus, an alternative of feeding which avoids the continuous environmental contamination. The association among tilapia, domestic animals and plants that use organic residues as a source of fertilization and feeding is a viable, ecological and economic alternative that provides the producer with a cheap source of nitrogen, phosphorus and potassium bounded for the primary production of the reservoir and, at the same time, a source of feeding of good nutritive quality that can substitute the use of commercial rations. The tilapia culture that uses residual and salt water is a production method that also has a great potential and that can be used by the producers in order to improve the cultivation productivity.(AU)
La producción de tilapia ha tenido un crecimiento acelerado en Brasil y en todo el mundo principalmente con producciones semintensivas e intensivas por ser un producto potencialmente disponible para el consumidor, por su facilidad de cultivo, manejo, alta adaptabilidad, fácil reproducción y alta produtividad. La continua expansión y mejoramiento de la eficiencia en la tilapicultura requiere paralelamente actualización y desarrollo de nuevos conocimientos y tecnologias que permitan el sustento del productor, aprovechando recursos normalmente perdidos o inutilizados de una manera económica y ecológica, que brinden una alternativa de alimentación y que eviten la continua contaminación ambiental. La integración entre la tilápia, animales domésticos y plantas utilizando resíduos orgánicos como fuente de fertilización y alimentación es una alternativa viable, ecológica y económica que brinda al productor una fuente barata de nitrógeno, fósforo y potásio encaminados a la produción primária del estanque y al mismo tiempo una fuente de alimentación de buena calidad nutritiva que puede subtituir la utilización de raciones comerciales. Tilapicultura utilizando agua residual y agua salada, son métodos de producción que también tienen un gran potencial y que pueden ser utilizados por los productores en el mejoramiento y la productividad del cultivo.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1