Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Renal ischemia and reperfusion injury: influence of chorpromazine on renal function and lipid peroxidation / Lesão de isquemia e reperfusão renal: influência da clorpromazina na função renal e na peroxidação lipídica

Tucci Junior, Silvio; Carvalho, Roberto Marins de; Celini, Fábia Martins; Cologna, Adauto José; Suaid, Haylton Jorge; Tirapelli, Luis Fernando; Martins, Antonio Carlos Pereira.
Acta cir. bras.; 23(supl.1): 42-46, 2008. tab
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-3858

Resumo

PURPOSE: To evaluate the influence of chlorpromazine (CPZ) on renal function and lipid peroxidation in a rat model of kidney ischemia/reperfusion injury. METHODS: Forty eight Wistar rats underwent a laparotomy for hilar clamping of left kidney with a bulldog clamp for 60 minutes followed by organ reperfusion and contralateral nephrectomy. Of these, 26 received 3mg/kg of CPZ intravenously 15 minutes before renal ischemia (G-E) while the remaining 22 were used as ischemic control group (G-C). Eleven rats of G-E and 8 of G-C were followed for blood urea nitrogen and creatinine determinations before renal ischemia and at 1st, 4th and 7th postoperative days. Samplings of left renal tissue were obtained at 5 minutes (5 rats from each group) and 24 hours (9 G-C and 10 of G-E) of reperfusion for malondialdehy (MDA) content determination. Controls of renal MDA content were determined in kidneys harvested from 6 additional normal rats. RESULTS: Acute renal failure occurred in all animals but levels of BUN and creatinine were significantly lower in G-E (p<0.001). MDA content rose strikingly at 5 minutes of reperfusion in both groups (p>0.05) and returned near to normal levels 24 hours later. CONCLUSION: CPZ conferred partial protection of renal function to kidneys submitted to ischemia/reperfusion injury that seems to be not dependent on inhibition of lipid peroxidation.(AU)
OBJETIVO: avaliar a influência da clorpromazina (CPZ) na função renal e na peroxidação lipídica num modelo de lesão de isquemia/reperfusão renal em ratos. MÉTODOS: 48 ratos Wistar foram submetidos à laparotomia para clampamento da artéria renal esquerda durante 60 minutos, seguido da reperfusão e nefrectomia contralateral. Destes animais, 26 receberam 3 mg/kg de CPZ intravenosa 15 minutos antes da isquemia renal (G-E), sendo os 22 animais restantes utilizados como grupo controle isquêmico (G-C). Em 11 ratos do G-E e 8 do G-C foi feita a dosagem de uréia e creatinina sérica antes da isquemia renal e no 1º, 4º e 7º dia pós-operatório. Amostras de tecido do rim esquerdo foram obtidas aos 5 minutos (5 ratos de cada grupo) e 24 horas após reperfusão (9 G-C e 10 G-E) para dosagem de malondialdeído (MDA). Valores controle para níveis de MDA foram obtidos em rins retirados de 6 ratos normais. RESULTADOS: insuficiência renal aguda ocorreu em todos os animais mas os níveis séricos de uréia e creatinina foram significativamente menores no G-E (p<0,001). Os níveis de MDA apresentaram elevação acentuada na avaliação aos 5 minutos de reperfusão em ambos os grupos (p<0,05), retornando a valores próximos aos normais na avaliação com 24 horas. CONCLUSÃO: a CPZ conferiu proteção parcial da função renal aos rins submetidos à lesão de isquemia e reperfusão, aparentemente independente da inibição da peroxidação lipídica.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1