Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Características químicas e valores energéticos de farelos de soja do oeste e sudoeste do Paraná / Chemistry characteristics and energetics values of soybean meals

Rieger, Clovis; Oliveira, Vladimir de; Lovatto, Paulo Alberto; Araújo, Jocélio dos Santos; Peixoto, Érika Cosendey Toledo Mello; Silva, Marcelo Aparecido da.
Ci. Rural; 38(1): 266-269, jan.-fev. 2008. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-3924

Resumo

Foi realizado um estudo para determinar a variabilidade de características químicas e valores energéticos de farelos de soja (FS) do oeste e sudoeste do Paraná. Foram estudadas 40 amostras colhidas em 10 processadores e distribuidores durante quatro meses consecutivos. Houve diferenças (P<0,05) entre os teores de matéria seca (MS) dos farelos de soja (FS) analisados. O FS 10 apresentou menor (P<0,05) teor de MS (86,72 por cento) em relação aos FS 2, 4, 5, 6 e 9 (88,96, 90,60, 89,19, 89,08 e 88,72 por cento, respectivamente). O FS 4 teve menor conteúdo de Ca (0,31 por cento), enquanto os FS 5 e 7 mostraram os maiores teores de Ca (0,36 e 0,36 por cento, respectivamente). Ocorreram diferenças (P<0,05) entre os valores de energia metabolizável verdadeira (EMVn) calculados, com o FS 8 apresentando a maior concentração (2,65Mcal kg-1) e os FS 5 e 10 os menores teores de energia calculados (2,51 e 2,50Mcal kg-1, respectivamente). Pode-se concluir que a composição química dos farelos de soja das regiões oeste e sudoeste do Paraná apresenta pouca variação e, exceto para a fibra em detergente neutro, fibra em detergente ácido, ferro e manganês, os valores encontrados são próximos daqueles citados na literatura.(AU)
A study was conducted to determine the variability on chemical and nutritional characteristics of soybean meal from the West and Southwest Paraná state. Forty samples of soybean meal were collected in ten different processors and distributors during four months consecutively. There were differences (P<0.05) among the dry matter (DM) in samples of soybean meal analyzed. The soybean meal 10 had less (P<0.05) level of DM (86.72 percent) compared with soybean meals 2, 4, 5, 6 and 9 (88.96, 90.60, 89.19, 89.08 and 88.72 percent, respectively). The soybean meal 4 showed less content of Ca (0.31 percent), while the soybean meals 5 and 7 had higher levels of Ca (0.36 and 0.36, respectively). The calculated TMEn value of soybean meal 8 was higher (P<0.05) than soybean meals 5 and 10 (2.65 versus 2.51 and 2.50Mcal kg-1, respectively). The chemical composition of soybean meal from the West and Southwest Paraná state is homogenous and near that found in scientific literature, except for neutral detergent fiber, acid detergent fiber, iron and manganese.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1