Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Quadro Clínico de cães com Leishmaniose visceral e sua correlação com a sensibilidade do teste parasitológico

Magalhães, Larissa Fernandes; Wilson, Tais Meziara; Medeiros, Alessandra Aparecida.
Vet. Not.; 18(2): 64-72, 2012. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-4016

Resumo

A Leishmaniose Visceral Canina (LVC) é uma enfermidade sistêmica severa cuja manifestação clínica relaciona-se com o tipo de resposta imunológica expressa pelo animal infectado. É causada por um protozoário do gênero Leishmania, espécie Leishmania chagasi, e tem como principal transmissão, a picada do inseto vetor. Para ter o diagnóstico desta doença realizam-se testes sorológicos e/ou parasitológicos, uma vez que os sinais clínicos são diversos e podem se assemelhar a várias outras doenças infecciosas. Este trabalho teve como intuito verificar quais foram os principais sinais clínicos encontrados em cães sororreagentes para LVC provenientes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Uberlândia MG e realizar exame parasitológico de amostras coletadas em baço e linfonodo poplíteo de cães sororreagentes e correlacionar seu resultado com a sintomatologia apresentada pelo cão. Verificou-se que os principais sinais clínicos ocorreram na pele e anexo (79,41%); linfadenomegalia (52,94%); hepatomegalia (50%); emagrecimento (26,47%); esplenomegalia (23,52%); apatia (23,52%); hipertermia (20,58%); alterações oftálmicas (17,6%) e mucosas hipocoradas (14,70%). Treze dos 34 animais foram positivos no exame parasitológico, sendo que foi mais frequente a visualização de formas amastigotas no baço. Foi verificado que 42% dos animais assintomáticos deram positivos no exame parasitológico, confirmando a importância deste grupo para a disseminação inaparente desta doença.(AU)
The Canine Visceral Leishmaniasis (CVL) is a severe systemic disease whose clinical manifestation is related to the type of immune response expressed by the infected animal. It is caused by a protozoan of the genus Leishmania, Leishmania chagasi, and the main transmission is by the bite of the insect vector. To make diagnosis of the disease is carried out serologic tests and / or parasitological, because the symptoms are varied and may resemble several other infectious diseases. This study was aimed to check what were the main clinical signs found in dogs seropositive for LVC from the Zoonosis Control Center (CCZ) of Uberlândia - MG and perform parasitological examination of samples collected from spleen and popliteal lymph node of seropositive dogs and correlate their result with the symptoms presented by the dog. It was found that the main clinical signs occurred in the skin and attached (79.41%); lymphadenopathy (52.94%); hepatomegaly (50%); body score below three (26.47%), splenomegaly (23,52%), apathy (23.52%), hyperthermia (20.58%); ophthalmic problem (17.6%) and pale mucous membranes(14.70%). Thirteen of the 34 animals were positive parasitological examination, and was more frequent viewing of amastigotes in the spleen. It was found that 42% of asymptomatic animals results in positive parasitological examination, confirming the importance of this group for the spread of this disease unapparent.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1