Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Diferentes formas de manifestações clínicas do sertolioma em cães / Canine Sertolli cells tumours: differents clinical manifestations

Barcellos, Heloisa Helena de Alcântara; Brun, Maurício Veloso; Oliveira, Simone Tostes de; Motta, Adriana Costa da; Ataíde, Michelli Westphal.
MEDVEP. Rev. cient. Med. Vet.; 3(10): 106-110, jul.-dez. 2005. ilus
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-410

Resumo

O sertolioma é uma neoplasia testicular comum em cães machos. De diferentes raças, mais freqüente em idosos. Pode ocorrer em testículos escrotais, ou em criptorquidas, ou naquelas presentes nas hérnias escrotais. Alguns animais podem manifestar sinais de feminilização e/ou discrasia sanguínea, decorrente do hiperestrogenismo. A metástase é raramente encontrada, e o tratamento indicado é a orquiectomia bilateral. O presente estudo tem por objetivo apresentar diferentes manifestações desta patologia em cinco cães: dois com testículos escrotais ulcerados, dois com síndrome da feminilização e um criptorquida. Todos os animais foram submetidos a orquiectomia, e não apresentaram discrasia sanguínea, nem imagem compatível com metástase no RX torácico. Estes animais foram avaliados por um período de um a dois anos através de RX torácicos e exame clínico geral e não apresentam recidiva da doença, sendo a orquiectomia eficaz no controle da mesma(AU)
The sertolioma is a common testis tumor in male dogs, of different races, more frequent in scrotal testis, or in criptorchids, or in those presents in the scrotal hernias. Some animals can manifest female signs, or blood discrasia, due to the hiperestrogenysm. The metastasis is rarely found, and the suitable treatment is the bilateral orchiectomy. The present study has for objective to present different manifestations of this pathology in five dogs: two with scrotal testis ulcerated, two with syndrome of the female dog and a criptorchidism. All the animals was submitte to orchiectomy and they didnt present blood discrasia, nor compatible image with metastasis in thoracic SX. These animals were appraised for a period of one to two years through thoracic RX and general clinical exam, and at the clinical exam did not return. So the orchiectomy was efficient to control that(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1