Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Juvenis de carpa capim alimentados com capim teosinto e suplementados com diferentes taxas de arraçoamento / Grass carp juveniles fed with teosinte grass and supplied with different feeding rates

Costa, Mário Leão; Radünz Neto, João; Lazzari, Rafael; Losekann, Marcos Eliseu; Sutili, Fernando Jonas; Brum, Ângelo Zuliane; Veiverberg, Cátia Aline; Grzeczinski, João Augusto.
Ci. Rural; 38(2): 492-497, mar.-abr. 2008. tab
Artigo em Português | VETINDEX | ID: vti-4139

Resumo

Avaliou-se o desenvolvimento de juvenis de carpa capim (Ctenopharyngodon idella) alimentados com capim teosinto (Euchlaena mexicana) e suplementados com ração. Realizaram-se dois experimentos, de 45 dias, utilizando 240 juvenis em cada um (peso médio: 10,9±0,3g e 20,2±0,2g). No experimento 1, os peixes foram alimentados com capim teosinto mais ração, em 4 níveis de suplementação: 1, 2, 3 e 4 por cento do PV, denominados S1, S2, S3 e S4. No experimento 2, testou-se: C=Somente Capim Teosinto; SD=Capim Teosinto+ Suplementação diária (3 por centoPV); SA=Capim Teosinto + Suplementação a cada dois dias (3 por centoPV); R=Somente ração (3 por cento PV). No experimento 1, observou-se aumento linear positivo do peso em relação à suplementação com ração. A melhor taxa de crescimento específico foi obtida com o tratamento S4. O rendimento de filé foi maior nos tratamentos S3 e S4. No experimento 2, para a variável peso, o tratamento SD diferiu significativamente dos demais. Os tratamentos SD, SA e R não diferiram estatisticamente em relação ao rendimento de filé, porém, houve diferença entre o tratamento SD e o C. Conclui-se que a associação do capim teosinto com a ração (3 por centoPV) proporciona bom crescimento para juvenis de carpa capim.(AU)
This study was aimed at evaluating the growth of grass carp juveniles (Ctenopharyngodon idella) fed with teosinte grass (Euchlaena mexicana) and supplied with different feeding rates. Two experiments were done (45 days each), using 240 juveniles (weight=10.33 ± 0.33 and 20.15 ± 0.23g). In the first, four feeding rates (1, 2, 3 and 4 percent of body weight (BW), called S1, S2, S3 and S4 respectively) were tested. In the second, the treatments were: C = Only teosinte grass; SD = Teosinte grass + ration daily (3 percentBW); SA = Teosinte grass + ration each 2 days (3 percentBW); R = Only ration (3 percentBW). In the experiment 1, it was observed a weight increasing following the ration supply. The higher specific growth rate was obtained in S4. No differences among treatments was verify for carcass yield, however, the fillet yield was higher in S3 and S4. In the experiment 2, weight was higher in SD. The carcass yield (RC) did not present significant difference among the treatments in the experiment 2. Fillet yield was lower in fish fed only with teosinte grass (C). We concluded that the grass carp juveniles growing is positively affected by association of teosinte grass and ration supply, being necessary a minimum feeding rate (3 percentBW) daily for achieving good growth.(AU)
Biblioteca responsável: BR68.1
Localização: BR68.1