Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Determinação de metodologia para oisolamento de protoplastos de tangerina Cleópatra (Citrus reshni Hort.)

de Oliveira, R.P.; Mendes, B.M.J.; Tulmann Neto, A..
Sci. agric.; 52(1)1995.
Artigo em Português | VETINDEX-Express | ID: vti-438873

Resumo

Somatic hybridization has been used for citrus rootstock breeding in many countries. In USA, many reports had proved the efficiency of procedures for the isolation and culture of citrus protoplasts. This research was conducted to evaluate the efficiency of procedures of protoplast isolation using embryogenic callus of the Cleópatra mandarin rootstock. Alterations were proposed to increase protoplast isolation and culture method. Results show the possibility of a protoplast yield of 1.4 to 4.7 x 10(6) pps/g.f.w. for Cleópatra tangerine rootstock callus. Protoplast yield can be raised to 4.7 x 10(6) pps/g.f.w. if the embryogenic callus are grown in a medium supplemented only with 4% sucrose and pre-treated with 1% w/v macerozyme for 1 hour, at 120 rpm, in dark, is applied before protoplast isolation.
A hibridação somática via fusão de protoplastos vem sendo utilizada no melhoramento de porta-enxertos de citros em diversos países. Nos Estados Unidos, vários estudos demonstram a eficiência de procedimentos no isolamento e cultivo de protoplastos dessa frutífera. O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito do meio de cultivo de calos embriogênicos do porta-enxerto tangerina Cleópatra (Citrus reshni Hort.) sobre o isolamento de protoplastos, bem como sugerir alterações de procedimento. Os resultados mostram a possibilidade do isolamento de 1.4 x 10(6) a 4.7 x 10(6) protoplastos por grama de calos da espécie estudada. Verificou-se que, o subcultivo dos calos de tangerina Cleópatra em meio de cultura, sem reguladores 1 hora, sob condições de escuro a 120 rpm, proporcionou maior eficiência de isolamento de protoplastos (4.7 x 10(6) protoplastos/g de calo).
Biblioteca responsável: BR68.1