Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

PAIRWISE ASSOCIATION AS A CRITERION FOR THE SELECTION OF COLLECTION SITES OF NATURAL ENEMIES OF THE CASSAVA GREEN MITE, Mononychellus tanajoa (BONDAR)

RODRIGUES, G.S.; PARAÍBA, L.C.; J. de MORAES, G..
Sci. agric.; 53(2)1996.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-439012

Resumo

Climatic similarity has been the primary parameter considered in the selection of sites for the collection and release of natural enemies in classical biological control programs. However, acknowledging the relevance of the composition of biological communities can be essential for improving the record of successful biocontrol projects, in relation to the proper selection of collection sites. We present in this paper an analysis of the plant and mite assemblages in cassava fields of northeastern Brazil. Such analysis is suggested as an additional criterion for the selection of collection sites of mite predators of the cassava green mite, Mononychellus tanajoa (Bondar), in an international biological control program. Contingency TABLES were built using Dice's index as an indicator of significant associations between pairs of species. This analysis enabled the identification of plant and mite species typically found together, indicating interspecific interactions or similar ecological requirements. Finally, a cluster analysis was used to group sites containing similar assemblages. These sites exhibit comparable chances of harboring a given species. Applied at the species-group level, the analysis may assist in better defining sites for the collection of natural enemies to be released in a given region, improving the chances of establishment.
Similaridade climática é normalmente o principal parâmetro considerado na seleção de áreas de coleta e liberação de inimigos naturais de pragas em programas de controle biológico. Muitas vezes, contudo, a composição das comunidades biológicas presentes nessas áreas representa fator decisivo para a sobrevivência de um determinado organismo, melhorando ou dificultando seu estabelecimento. Este trabalho apresenta uma análise das sub-comunidades de ácaros e plantas que ocorrem em plantações de mandioca no nordeste brasileiro. A análise representa um critério adicional para a seleção de áreas de coleta de ácaros predadores do ácaro verde da mandioca, M. tanajoa (Bondar), como suporte para um projeto internacional de controle desta praga no continente africano. Tabelas de contingência foram elaboradas empregando o índice de Dice como indicador das possíveis associações entre pares de espécies encontradas em levantamentos de campo, permitindo a identificação de espécies que tipicamente co-ocorrem. Espécies assim associadas são possíveis indicadoras de associações interespecíficas ou requisitos ecológicos similares. Finalmente, uma análise de "cluster" foi utilizada para agrupar áreas apresentando comunidades similares. Estas áreas apresentam probabilidades comparáveis de abrigar uma dada espécie. Aplicando-se este conceito ao nível de grupo de espécies, a análise pode ajudar na definição de áreas para a coleta de inimigos naturais a serem liberados em uma dada região, aumentando as possibilidades de estabelecimento.
Biblioteca responsável: BR68.1