Your browser doesn't support javascript.

Portal de Pesquisa da BVS Veterinária

Informação e Conhecimento para a Saúde

Home > Pesquisa > ()
Imprimir Exportar

Formato de exportação:

Exportar

Exportar:

Email
Adicionar mais destinatários

Enviar resultado
| |

Parasitoids of Phyllocnistis citrella in Jaguariúna, state of São Paulo, Brazil, before and after the introduction of Ageniaspis citricola

Alexandre Nogueira de Sá, Luiz; Antonio Costa, Valmir; Portes de Oliveira, Wagner; Ribeiro de Almeida, Gilberto.
Sci. agric.; 57(4)2000.
Artigo em Inglês | VETINDEX | ID: vti-439469

Resumo

The citrus leafminer, Phyllocnistis citrella (Gracillariidae), is among the main pests of citrus in Brazil. The objective of this work was to conduct a survey of parasitoids attacking CLM in Jaguariúna, State of São Paulo, Brazil, before and after the introduction of Ageniaspis citricola (Encyrtidae). Collections of new leaves were made weekly at citrus groves from July-1997 to April-1999. During the survey period, A. citricola was introduced in the area. Before this introduction, Galeopsomyia fausta (Eulophidae) was the predominant species (about 91.83% of the species composition), but A. citricola became predominant after its establishment (60.10% against 38.30% G. fausta). Other parasitoids found were Cirrospilus sp. C (Eulophidae), Horismenus sp. (Eulophidae), Elasmus sp. (Elasmidae), Eupelmus sp. (Eupelmidae) and Conura (Ceratosmicra) sp. (Chalcididae).
A larva-minadora-da-folha-dos-citros, Phyllocnistis citrella (Gracillariidae), é atualmente uma praga de importância econômica na citricultura nacional. O objetivo deste trabalho foi identificar o complexo de parasitóides desta praga em Jaguariúna, SP, Brasil, antes e depois da introdução de Ageniaspis citricola (Encyrtidae). Coletas de brotações infestadas pela praga foram realizadas semanalmente, no período de Julho/96 a Abril/99. Durante o período do levantamento, A. citricola foi introduzido nesta área. Antes dessa introdução, Galeopsomyia fausta (Eulophidae) era a principal espécie a atacar P. citrella (91,83% dos parasitóides encontrados), mas A. citricola tornou-se predominante após seu estabelecimento na área de liberação (60,10% contra 38,30% de G. fausta). Também outros parasitóides foram encontrados: Cirrospilus sp. C (Eulophidae), Horismenus sp. (Eulophidae), Elasmus sp. (Elasmidae), Eupelmus sp. (Eupelmidae) and Conura (Ceratosmicra) sp. (Chalcididae).
Biblioteca responsável: BR68.1